Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31212
Title in Portuguese: Uma análise do nível de adoção de boas práticas de governança corporativa pelas empresas brasileiras
Author: Lima, Andrêssa de Vasconcelos
Advisor(s): Crisóstomo, Vicente Lima
Keywords: Governança corporativa
Empresas - Brasil
Issue Date: 2014
Citation: LIMA, Andrêssa de Vasconcelos. Uma análise do nível de adoção de boas práticas de governança corporativa pelas empresas brasileiras. 2014. 62 p. TCC (graduação em Ciências Contábeis) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza-CE, 2014.
Abstract in Portuguese: Nos últimos anos, várias mudanças tornaram necessária a utilização de métodos que melhorassem a qualidade da gestão das companhias. A Governança Corporativa surge como resposta a essas mudanças, e desde então vem sendo difundida e se firmando nas organizações. No Brasil, as instituições de mercado (IBGC, CVM e BM&FBOVESPA) passaram a estimular a adoção de boas práticas de Governança Corporativa. Destaca-se a elaboração do Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa do IBGC, a Cartilha de Boa Governança da CVM, e a criação dos níveis diferenciados de negociação na BOVESPA. Este trabalho tem como objetivo saber como está o conjunto de boas práticas de Governança Corporativa da empresa brasileira. Para tanto, fez-se um estudo descritivo de características de Governança Corporativa usando-se como amostra as 100 maiores companhias do Brasil. A metodologia adotada na pesquisa foi de caráter descritivo, qualitativo-quantitativo e documental. Os resultados da pesquisa mostram um avanço e uma tendência das empresas brasileiras no sentido de adoção de boas práticas de Governança Corporativa. Vale ressaltar, a adesão voluntária de 80% das companhias aos níveis diferenciados da BOVESPA. As companhias já estão deixando de emitir ações preferenciais. A composição do Conselho de Administração, na maioria das empresas, atende ao recomendado pelas instituições de mercado. Os gestores estão recebendo incentivos que podem melhorar a qualidade da gestão. Em seu conjunto, os resultados sinalizam que a empresa brasileira apresenta bom conjunto de práticas de Governança Corporativa, embora ainda haja espaços para aprimoramentos.
Abstract: In recent years, several changes made necessary to use methods to improve the quality of company management. Corporative governance appears as a response to these changes, and since then, it has been widespread and established in organizations. In Brazil, market institutions (IBGC, CVM and BM & FBOVESPA) began to encourage to adoption of good Corporative Governance practices. Emphasize the development of the Code of the Best Practices of Corporative Governance of IBGC, the primer of Good Governance of CVM, and the creation of different levels of trading in the BOVESPA. This study aims to know how the set of good Corporate Governance practices of the Brazilian company is. For this, was realized a descriptive study about characteristics of corporate governance using as sample the 100 largest companies in Brazil. The methodology used in the study was descriptive, qualitativequantitative and documentary. The search results show an improvement and a trend of Brazilian companies to adopt good corporative governance practices. It is noteworthy, the voluntary accession of 80% of companies with different levels of BOVESPA. Companies are already ceasing to issue preferred shares. The composition of the Board of Directors, in most companies, attends to recommended by market institutions. Managers are receiving incentives that can improve the quality of management. Taken together, the results indicate that the Brazilian company has good set of corporative governance practices, although there is still room for improvements.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31212
Appears in Collections:CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_tcc_avlima.pdf672,92 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.