Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31544
Título em portugués: Coordenação das ações de atenção à saúde bucal na 13ª coordenadoria regional de saúde do Estado do Ceará: percepção da gestão municipal
Título em inglés: Coordination of oral health care actions in the 13th regional health coordination of the State of Ceará: perception of municipal management
Autor: Silvestre, José Amilton Costa
Tutor(es): Teixeira, Edson Holanda
Palabras clave : Saúde bucal
Políticas públicas de saúde
Gestão em saúde
Fecha de publicación : 2012
Citación : SILVESTRE, J.A.C. (2012)
Resumen en portugués: As políticas públicas de saúde, tanto regionais quanto nacionais, devem garantir a efetivação de aspectos que sustentem a integralidade das ações e a coordenação dessas ações para garantir a continuidade da atenção. O objetivo desta pesquisa foi analisar a percepção dos coordenadores de saúde bucal e secretários municipais de saúde de sete dos oito municípios que fazem parte da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRES), estado do Ceará, na região da Ibiapaba, acerca da coordenação das ações de atenção à saúde bucal durante o ano de 2010. Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa através da aplicação de entrevistas semiestruturadas, que utilizou a técnica do Círculo Hermenêutico-Dialético com os secretários municipais de saúde e coordenadores municipais de saúde bucal, e a análise hermenêutico-dialética. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, sob parecer n° 434369, e em seguida apresentada à Comissão Intergestores Regional (CIR) para que os sujeitos em questão tomassem conhecimento da proposta e fossem, então, articulados os momentos para os encontros. As entrevistas foram realizadas de agosto a setembro de 2011. Os resultados evidenciam que: a coordenação municipal de saúde bucal é exercida, na grande maioria dos municípios analisados, de forma parcial, e não há dedicação exclusiva do coordenador. Há uma nítida falta de integração, vínculo, espírito de equipe, liderança e articulação. Os coordenadores de saúde bucal não demonstraram domínio acerca das competências gerenciais necessárias à operacionalização das práticas de saúde. Os secretários municipais de saúde entendem que a coordenação de saúde bucal é muito importante, mas que precisa melhorar muito; sinalizaram a necessidade do coordenador melhorar o seu relacionamento com os demais colegas, de trabalhar em equipe, e exercer realmente o papel de líder. O conhecimento dos gestores, secretários municipais de saúde e coordenadores municipais de saúde bucal influencia o modo de operacionalização e a dinâmica das ações de saúde bucal na atenção primária e secundária. Baixos salários, precárias condições de trabalho, o foco nos escolares, a não utilização e/ou falta de prontuários clínicos, a ausência de uma política de educação permanente, a falta de protocolos clínicos, de vínculo e integração demonstram que é urgente uma ruptura com um velho paradigma de se fazer saúde para um paradigma mais ampliado e concernente com a Saúde Bucal Coletiva
Resumen en inglés: The public health policies, both regional and national, should ensure the effectiveness of aspects to support the integration of actions and coordination of these actions to ensure continuity of care. The purpose of this study was to analyze the perception of oral health coordinators and municipal health secretaries of the seven municipalities that comprise the 13th Coordinating body Regional Health, State of Ceará, in the region of Ibiapaba, about the coordination of actions of oral health care during the year 2010. To this end, we carried out a field study of qualitative approach by applying semi-structured interviews using the technique of Dialectical Hermeneutic Circle with the municipal health and municipal coordinators of oral health, and hermeneutic-dialectical analysis. The study was approved by the Ethics Committee of Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA with number 434369 , and then presented to the Inter-Regional Commission (CIR) for the subject in question knew about the proposal and were then articulated times for meetings. The interviews were conducted from August to September 2011. The results show that: the coordination is carried out in most municipalities partially analyzed, and no dedication of the coordinator. There is a clear lack of integration, commitment, team spirit, leadership and articulation. The oral health coordinators had no knowledge about the management skills necessary for the operation of health practices. The Secretaries of Health believe that the coordination of oral health is very important, but needs much improvement, and signaled the need for the coordinator to improve their relationships with other colleagues and work as a team, and really exert a leadership role. Knowledge of managers influences the dynamic mode of operation and the actions of oral health in primary and secondary. Low wages, poor working conditions, the focus in school, not using medical records, the absence of a policy of continuing education, lack of clinical protocols, bonding and integration shows that it is urgent a break with the old paradigm of health to make a more extended and that paradigm is concerned with the Collective Buccal Health.
Descripción : SILVESTRE, J. A. C. Coordenação das ações de atenção à saúde bucal na 13ª coordenadoria regional de saúde do Estado do Ceará: percepção da gestão municipal. 2012. 187 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2012.
URI : http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31544
Aparece en las colecciones: PPGSF - Dissertações defendidas na UFC

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
2012_dis_acsilvestre.pdf18,61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.