Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32459
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSantaella, Sandra Tédde-
dc.contributor.authorRibeiro, Alexandre Rodrigues-
dc.date.accessioned2018-06-01T14:09:43Z-
dc.date.available2018-06-01T14:09:43Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationRIBEIRO, A. R. (2017)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32459-
dc.descriptionRIBEIRO, A. R. Relação entre carbono, nitrogênio e fósforo para tratamento aeróbio de efluente da produção de ácido caproico. 2017. 46 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.pt_BR
dc.description.abstractThe effluent from the anaerobic production of hexanoic acid, a product used in the most diverse economic sectors and with a high value added, generated from the anaerobic digestion in reactors that use ethanol and acetic acid as substrate is still little studied, and it is necessary to search for more efficient technical forms to treat this effluent and minimize negative impacts on the environment and on the health and well-being of the population. In this context, it was sought to determine the best nutrient (nitrogen and phosphorus) ratio associated with carbon for a better efficiency in the aerobic biodegradation of the effluent. Therefore, the effluent was characterized, and then it was assembled six batch reactors, being three replicates, in bench scale, aerated and with different carbon: nitrogen: phosphorus ratios of 100: 20: 1; 100: 10: 1 and 100: 5: 1. 52.2 mL of acclimated sludge (2500 mg SSV / L) and 247.8 mL of crude effluent were introduced into the reactors, totaling a useful volume of 300 mL in the reactor. The hydraulic detention time was of five days and it was observed that the efficiencies of organic matter removal varied between 93% and 99%, Noting that the ratio 100: 05: 01 was the best, in this work, for the removal of organic matter.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherInstituto de Ciências do Marpt_BR
dc.subjectCiências ambientaispt_BR
dc.subjectÁcidos - Deposiçãopt_BR
dc.subjectBiodegradação ambientalpt_BR
dc.subjectNutrientespt_BR
dc.titleRelação entre carbono, nitrogênio e fósforo para tratamento aeróbio de efluente da produção de ácido caproicopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrO efluente da produção anaeróbia do ácido hexanóico, produto empregado nos mais diversos setores econômicos e de alto valor agregado, gerado a partir da digestão anaeróbia, em reatores que utilizam o etanol e o ácido acético como substrato é ainda pouco estudado, havendo a necessidade de buscar formas técnicas mais eficientes para tratar esse efluente e minimizar impactos ambientais negativos ao meio ambiente e à saúde e bem-estar da população. Neste contexto, procurou-se determinar a melhor relação de nutrientes (nitrogênio e fósforo) associados ao carbono para a melhor eficiência na biodegradação aeróbia do efluente. Desta forma, o efluente foi caracterizado e, em seguida, foram montados seis reatores em batelada, sendo três duplicatas, em escala de bancada, aerados e com diferentes razões de carbono: nitrogênio: fósforo de 100:20:01; 100:10:1 e 100:05:01. Foram introduzidos nos reatores, 52,2 mL do lodo aclimatado (2500 mg SSV/L) e 247,8 mL de efluente bruto, totalizando um volume útil de 300 mL no reator. O tempo de detenção hidráulica foi de cinco dias e observou-se que as eficiências de remoção de matéria orgânica variaram entre 93% e 99%, notando-se que a relação 100:05:01 foi a melhor, neste trabalho, para a remoção de matéria orgânica.pt_BR
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_arribeiro.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.