Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32660
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPereira, Antonio Marcondes dos Santos-
dc.contributor.authorPereira, Karla Raphaella Costa-
dc.contributor.authorCosta, Frederico Jorge Ferreira-
dc.contributor.authorChagas, Eduardo Ferreira-
dc.date.accessioned2018-06-06T18:40:16Z-
dc.date.available2018-06-06T18:40:16Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationPereira, A. M. S.; Pereira, K. R. C.; Costa, F. J. F.; Chagas, E. F. (2017)pt_BR
dc.identifier.issn2317-2010 (online)-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32660-
dc.descriptionPEREIRA, Antonio Marcondes dos Santos; PEREIRA, Karla Raphaella Costa; COSTA, Frederico Jorge Ferreira; CHAGAS, Eduardo Ferreira. Categoria da totalidade em História e Consciência de Classe de György Lukács: uma aproximação às questões de método no marxismo. Revista Dialectus, Fortaleza, v. 4, n. 11, p. 228-243, ago./dez. 2017.pt_BR
dc.description.abstractThe present article is a partial result of research in education and exposes an approach to the category of totality in the work History and class consciousness of the Hungarian philosopher György Lukács. Although criticized by the author himself, the work already points to a central problem of the dialectical method: the category of totality. As a partial study of a larger research, this text does not aim to exhaust the category, but to indicate some outlines for its comprehension in the trajectory of the author. Methodologically, it is a categorical bibliographic research. In addition, it addresses critical allusions based on the Marxian framework, assumed within Lukács' later works with a more tuned understanding about Marx's legacy. In the first part of the text, we locate the work History and class consciousness in the trajectory of its author, emphasizing the criticisms he made in the 1967 preface, aiming to indicate the place of this 1923 work within Lukács‟ legacy. Finally, some considerations are exposed as a result of the reading of the work in question, tracing the conception of totality presented in it, as well as the relationship established with the dialectical method in Lukács' ultimate understanding. This part constitutes an articulated whole, so its publication is justified, although it is a moment of a greater totality with which it articulates. It is important for the research that is part of systematizing studies aimed at the immanent appropriation of a category in a particular work. Thus, it was a dialectical movement as for its form, for it engendered a relation between the whole and the part of the research, as well as for the content, since it aims at interpreting the method. The social relevance of this work is anchored on the need to clarify the development of the category of totality for the Hungarian philosopher and, thus, for the effectiveness of the dialectical method, in addition to other categories that underlie Marxism.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista Dialectuspt_BR
dc.subjectTotalidadept_BR
dc.subjectMétodo Dialéticopt_BR
dc.subjectHistória e Consciência de Classept_BR
dc.subjectHistory and Class Consciousnesspt_BR
dc.titleCategoria da totalidade em História e Consciência de Classe de György Lukács: uma aproximação às questões de método no marxismopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrO presente artigo é resultado parcial de pesquisa em educação e expõe uma aproximação à categoria de totalidade na obra História e consciência de classe do filósofo húngaro György Lukács. Apesar de criticada pelo próprio autor, a obra já aponta para um problema central do método dialético: a categoria da totalidade. Como estudo parcial de uma pesquisa maior, este texto não visa esgotar a categoria, mas indicar linhas para compreensão dessa na trajetória do autor. Metodologicamente, é uma pesquisa bibliográfica categorial. Além disso, encaminha alusões críticas com base no arcabouço marxiano, assumido nas últimas obras de Lukács com entendimento mais coadunado ao legado de Marx. Na primeira parte do texto, situa-se a obra História e consciência de classe na trajetória de seu autor, dando ênfase às críticas por ele realizadas em prefácio de 1967, objetivando indicar o lugar desse trabalho de 1923 no legado de Lukács. Por último, expõem-se efetivamente algumas considerações decorrentes da leitura da obra em questão, rastreando a concepção de totalidade apresentada nela, bem como a relação estabelecida com o método dialético na compreensão última de Lukács. Esta parte constitui um todo articulado, por isso se justifica sua publicação, apesar de ser momento de uma totalidade maior com o qual se articula. É importante para a pesquisa de que faz parte por sistematizar estudos voltados para a apropriação imanente de uma categoria em determinada obra. Assim, foi um movimento dialético quanto à forma, pois engendrou uma relação entre o todo e a parte da pesquisa, e quanto ao conteúdo, já que visa a interpretação do método. A relevância social deste trabalho se ancora na necessidade de aclarar o desenvolvimento da categoria totalidade para o filósofo húngaro e, assim, para a efetivação do método dialético, além de outras categorias que fundamentam o marxismo.pt_BR
dc.title.enThe category of totality in György Lukács' History and Class Consciousness: an approach to the questions of method within marxismpt_BR
Appears in Collections:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_amspereirakrcpereira.pdf475,95 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.