Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32982
Title in Portuguese: Crédito bancário e alterações na participação relativa da renda
Author: Barros, Thiago Oliveira
Advisor(s): Lemos, José de Jesus Sousa
Keywords: Empréstimo bancário - Brasil
Renda - Distribuição
Desenvolvimento econômico
Issue Date: 2013
Citation: BARROS, Thiago Oliveira. Crédito bancário e alterações na participação relativa da renda. 2013. 40 f. TCC (graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza/CE, 2013.
Abstract in Portuguese: Este trabalho tem o objetivo de estudar a relação do volume de crédito bancário no Brasil e seu efeito sobre a distribuição de renda, com a intenção de verificar se a expansão do crédito é favorável aos mais pobres e se o crédito é um instrumento de desconcentração de renda. O foco do trabalho está nos dados agregados do crédito privado em vez de somente o crédito orientado à população mais pobre, como as estratégias do microcrédito. Foram feitas regressões estatísticas mesclando dados de fontes diversas para verificação empírica do objetivo proposto. Os resultados encontrados nesta monografia sugerem que o crédito enquanto instrumento distributivo não possui correlação direta com alterações na participação relativa na renda. As variáveis de controle, que de acordo com a teoria econômica exposta neste texto poderiam explicar conjuntamente com o crédito bancário a mudança renda ocorrida ao longo dos anos, também não se mostraram estatisticamente significantes. Não foram encontrados indícios de correlação entre volume de crédito bancário e distribuição de renda.
Abstract: This paper aims to study the relationship between the amount of bank loans in Brazil and its effect on income distribution, with the goal to check if the credit’s expansion is favorable to the poorest and if the credit is a tool to income deconcentration. The focus of the work is on the aggregated data of private credit instead of the credit guided to the poorest population, as microcredit strategies. Statistical regressions were made to verify the main purpose and the data was collected from various sources to check empirical evidence. The results presented on this monograph suggest that the credit as a distributive instrument does not have impact changing the relative income. The control variables, which according to the economic theory exposed in this text could explain the income change that occurred over the years, also did not show to be statistically significant. We did not find pointers of any correlation between the amount of bank credit and income distribution.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32982
Appears in Collections:CIÊNCIAS ECONÔMICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tcc_tobarros.pdf345,82 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.