Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3364
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSALES, Celecina de Maria Veras-
dc.contributor.authorJOCA, Alexandre Martins-
dc.date.accessioned2012-07-20T11:27:02Z-
dc.date.available2012-07-20T11:27:02Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationJOCA, A. M. ; SALES, C. M. V. (2008)pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3364-
dc.descriptionJOCA, Alexandre Martins. Diversidade sexual na escola: um problema posto à mesa. 2008. 184f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2008.pt_BR
dc.description.abstractThis research is a paper about sexual educated education through the dialog between school and the homossexual movement in teaching continued formation about gender and sexual diversity, done by The Grupo de Resistência Asa Branca – GRAB, in 2007, with Fortaleza’s public schools’ educators. The dialog about the destruction of the meanings and senses attributed to the human sexuality, with the objective of facing the social unequalities born from homofobia directed to lesbians, gays, bisexuals, transvestites and transexuals – LGBTT. In this way, the present research debates the fragilities and the possibilities of the schools to the development of educative practice of recognizing and defense of the gender’s identity and of sexual diversity, in a way to comprehend its limits and to observe its opportunities. So, it is intended to contribute with the constitution of a sexual educated education on facing the homofobia, in the sense of thinking of educative practices, which provides positive social relationships with LGBTT in the school environment.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherhttp://www.teses.ufc.brpt_BR
dc.subjectEscolapt_BR
dc.subjectMovimento Homossexualpt_BR
dc.subjectEducação Sexual Escolarizadapt_BR
dc.subjectDiversidade Sexualpt_BR
dc.subjectSchoolpt_BR
dc.subjectHomosexual Movementspt_BR
dc.subjectSexual educated educationpt_BR
dc.subjectSexual diversitypt_BR
dc.subjectOrientação sexual – Estudo e ensino – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.subjectHomossexualismo – Estudo e ensino – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.subjectMinorias sexuais – Estudo e ensino – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.subjectEducadores sexuais – Formação – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.subjectHomossexualismo e educação – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.subjectHomofobia nas escolas – Fortaleza(CE)pt_BR
dc.titleDiversidade sexual na escola: um "problema" posto à mesa.pt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
dc.description.abstract-ptbrEsta pesquisa é um trabalho sobre a educação sexual escolarizada através do diálogo entre a escola e o movimento homossexual no processo de formação docente continuada sobre gênero e diversidade sexual, realizado pelo Grupo de Resistência Asa Branca – GRAB, em 2007, com educadores/as de escolas públicas de Fortaleza/CE. Diálogo sobre a desconstrução dos significados e sentidos atribuídos à sexualidade humana, com o objetivo do enfrentamento às desigualdades sociais oriundas da homofobia dirigida a lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais - LGBTT. Desse modo, esta pesquisa debate sobre as fragilidades e as possibilidades da escola para o desenvolvimento de práticas educativas de reconhecimento e defesa da identidade de gênero e da diversidade sexual, visando compreender seus limites e observar suas oportunidades. Assim, pretende-se contribuir para a constituição de uma educação sexual escolarizada de enfrentamento à homofobia, no sentido de pensar práticas educativas que proporcionem relações sociais positivas com LGBTT no ambiente escolar.pt_BR
dc.title.enSexual diversity in schools: a "problem" brought on the tablept_BR
Aparece nas coleções:PPGEB - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_Dis_AMJoca.pdf1,61 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.