Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35179
Title in Portuguese: Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica
Title: Supplemental fertilization with sulfur as attenuator of the effects of salt stress in hydroponic lettuce plants
Author: Freitas, Wallace Edelky de Souza
Advisor(s): Gomes Filho, Enéas
Keywords: Fotossíntese
Lactuca sativa
Nutrição mineral
Salinidade
Sistema de defesa antioxidante
Issue Date: 2018
Citation: FREITAS, Wallace Edelky de Souza. Adubação suplementar com enxofre como atenuador dos efeitos do estresse salino em plantas de alface hidropônica. 2018. 96 f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018
Abstract in Portuguese: A alface é uma das hortaliças mais cultivadas no Brasil, difundindo-se praticamente por todo território nacional, inclusive nas regiões semiáridas do Nordeste, onde a água de boa qualidade está cada vez mais escassa. Diante dessa situação, torna-se importante para os setores hortícolas o desenvolvimento de pesquisas e técnicas que permitam o cultivo de plantas com o uso de águas salinas. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da adubação foliar com enxofre em plantas de alface cultivadas em sistema hidropônico e sob estresse salino. O experimento foi conduzido em arranjo fatorial 2 x 3, sendo as plantas submetidas a dois níveis de salinidade na solução nutritiva (0 e 40 mM de NaCl) e a três níveis de adubação suplementar com enxofre (0,0; 1,5 e 3,0 g L-1), com quatro repetições. Foram analisados caracteres fisiológicos e bioquímicos e a nutrição mineral da parte aérea das plantas. O crescimento, a fotossíntese e a condutância estomática das plantas foram reduzidos pelo estresse salino, porém, naquelas que receberam o tratamento com enxofre suplementar, essa redução foi atenuada. Em condições naturais de cultivo, o tratamento com enxofre a 1,5 g L-1 também proporcionou um melhor crescimento e desenvolvimento das plantas. O estresse salino aumentou a relação Na+/K+ nas folhas das plantas de alface, porém isso foi menos acentuado nas que foram suplementadas com enxofre. Nas plantas sob estresse salino, os danos de membrana foram menores naquelas adubadas com enxofre, as quais também apresentaram menores teores de peróxido de hidrogênio, maior atividade das enzimas antioxidantes peroxidase do ascorbato e catalase. De modo geral, a salinidade da solução nutritiva reduziu os teores dos nutrientes analisados na parte aérea, porém, para potássio e fósforo, essa redução foi minimizada pelo fornecimento de enxofre suplementar. Conclui-se que a adubação suplementar com enxofre atenuou os efeitos deletérios da salinidade no crescimento e nas trocas gasosas das plantas de alface, e que isso, pelo menos em parte, deveu-se a um sistema antioxidativo mais eficiente, associado a uma melhor absorção de fósforo e potássio e uma menor relação Na+/K+.
Abstract: Lettuce is one of the most grown vegetables in Brazil, spreading practically throughout the national territory, including in the semi-arid regions of the Northeast, where the availability of good quality water is increasingly scarce. Therefore, it is important for the horticultural sectors to develop research and techniques that allow the cultivation of plants using saline water. Thus, this study aimed to evaluate the effects of leaf fertilization with sulfur in lettuce plants grown under hydroponic system and under salt stress. The experiment was conducted in a 2 x 3 factorial arrangement, with the plants submitted to two levels of salinity in the nutrient solution (0 and 40 mM of NaCl) and at three levels of supplemental fertilization with sulfur (0.0, 1.5 and 3.0 g L-1), with four replicates. Physiological and biochemical characteristics and mineral nutrition of shoots were analyzed. The growth, photosynthesis and stomatal conductance of plants were reduced by salt stress. However, those plants supplemented with sulfur fertilizer treatment this reduction was attenuated. Under natural conditions of cultivation, treatment with sulfur at 1.5 g L-1 also resulted in better growth and plants development. The salt stress increased the Na +/K+ ratio in leaves of lettuce plants, but this was less pronounced in those supplemented with sulfur. In plants under salt stress, membrane damage was lower in those fertilized with sulfur, which also presented lower levels of hydrogen peroxide, higher activity of antioxidant enzymes, such as ascorbate peroxidase and catalase. In general, the nutrient solution salinity reduced the nutrient uptake, but for potassium and phosphorus this reduction was minimized by the supplemental sulfur. It is concluded that supplemental fertilization with sulfur attenuated the deleterious effects of salinity on the growth and gas exchange of lettuce plants, and that this, at least in part, was due to a more efficient antioxidative system, associated with a better phosphorus and potassium uptake and a lower Na+/K+ ratio.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35179
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGFIT - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_ wesfreitas.pdf644,83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.