Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35255
Title in Portuguese: Desigualdade de renda entre as macrorregiões cearenses para o ano de 2012
Author: Pinho, Artur Ícaro de Morais
Advisor(s): Lemos, José de Jesus Sousa
Keywords: Renda - Distribuição
Disparidades regionais - Ceará
Issue Date: 2015
Citation: PINHO, Artur Ícaro de Morais. Desigualdade de renda entre as macrorregiões cearenses para o ano de 2012. 2015. 39 f. TCC (graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza/CE, 2015.
Abstract in Portuguese: Este trabalho procura mostrar a realidade da desigualdade de renda dos municípios cearenses e suas respectivas regiões no ano de 2012. Para observar o grau de simetria/assimetria da distribuição de renda o trabalho utilizou os dados de PIB per capita extraídos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) do ano de 2012 e a metodologia utilizada pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) para subdividir os 184 municípios cearenses em 8 Macrorregiões de Planejamento. No trabalho calculou-se o Índice de Simetria (IS) da distribuição de renda para níveis de Brasil, Nordeste, Ceará e suas Macrorregiões de Planejamento, além de fazer uma análise desse indicador para os quartis dos municípios cearenses. Com isso, os resultados obtidos mostraram que no ano de 2012 havia um alto índice de assimetria da distribuição de renda no Ceará, com poucos municípios concentrando grande parte da renda e muitos municípios ficando com pouco, ajudando a explicar a pobreza na região. Verificou-se a mesma realidade tanto para a região Nordeste quanto para o Brasil. Em termos de Macrorregião cearense viu-se que algumas chegaram a apresentar resultados bem mais satisfatórios com relação ao Índice de Simetria apresentado pelas demais regiões de análise. Esse estudo possibilita uma abordagem regional podendo ser usado como subsidio para o planejamento de políticas públicas mais efetivas que busquem melhorar a qualidade de vida da população cearense.
Abstract: This work aims to show the reality of income inequality of Ceará municipalities and their respective regions in 2012. To observe the degree of symmetry / asymmetry income distribution of work used the GDP per capita data extracted from the National Sample Survey household (PNAD) of 2012 and the methodology used by the Institute of Economic Research and Strategy of Ceará (IPECE) to subdivide the 184 municipalities in Ceará 8 Macroregions Planning. At work we calculated the Symmetry Index (SI) of the income distribution to levels of Brazil, Northeast, Ceará and its Macroregions Planning, in addition to an analysis of this indicator for the quartiles of Ceará municipalities. Thus, the results showed that in 2012 there was a high asymmetry index of income distribution in Ceará, with few cities concentrating much of the income and many municipalities running low, helping to explain poverty in the region. It is the same reality for both the Northeast and for Brazil. In terms of macro-region Ceará it was seen that some even provide much more satisfactory results with respect to the Symmetry Index analysis presented by other regions. This study provides a regional approach can be used as a subsidy for the planning of more effective public policies that seek to improve the quality of life of Ceará population.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35255
Appears in Collections:CIÊNCIAS ECONÔMICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tcc_aimpinho.pdf1,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.