Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35449
Title in Portuguese: China: desaceleração do crescimento econômico e revisão do modelo
Author: Eufrásio, Francisco Sidney Gomes
Advisor(s): Moreira, Carlos Américo Leite
Keywords: Desenvolvimento econômico - China
Exportação
Consumo (Economia)
Investimentos
Issue Date: 2016
Citation: EUFRÁSIO, Francisco Sidney Gomes. China: desaceleração do crescimento econômico e revisão do modelo. 2016. 49 f. TCC (graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza/CE, 2016.
Abstract in Portuguese: Nas últimas três décadas, a China destacou-se no cenário mundial em vista, principalmente, de seu grandioso crescimento econômico. As reformas estruturais e abertura econômica iniciadas em 1978 transformaram a estrutura econômica da China, que ascendeu nos anos 2000 à condição de segunda maior economia do mundo. A crise financeira internacional de 2008, desencadeada pela especulação no setor imobiliário norte-americano, chamou atenção para as deficiências do modelo de crescimento chinês, pautado em altas taxas de investimentos internos e expansão das exportações. Essa estratégia de crescimento levou o país a forte dependência da demanda externa o que evidenciou a necessidade de novas reformas estruturais na economia. Não obstante, diversas medidas têm sido tomadas pelo governo chinês no sentido de reorientar a economia para um modelo de crescimento mais sustentável, voltado para a demanda doméstica. O consumo das famílias e a expansão do setor de serviços deverão comandar o crescimento econômico da China nos próximos anos, bem como deverá reduzir a dependência do país da demanda externa.
Abstract: Over the past three decades, China excelled on the world stage, particularly, of its great economic growth. Structural reforms and economic opening initiated in 1978 transformed the economic structure of China, who ascended in the years 2000 to the condition of the world's second-largest economy. The international financial crisis of 2008, triggered by speculation in real estate, and drew attention to the shortcomings of Chinese growth model, based on high rates of internal investments and expanding exports. This growth strategy led the country to strong dependence on external demand which has highlighted the need for further structural reforms in the economy. Nevertheless, several measures have been taken by the Chinese Government in order to reorient the economy to a more sustainable growth model, focused on domestic demand. Household consumption and the expansion of the service sector should lead the economic growth of China in the coming years and should reduce dependence on external demand country.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35449
Appears in Collections:CIÊNCIAS ECONÔMICAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_fsgeufrásio.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.