Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36211
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLopes, Willian Silva-
dc.contributor.authorMoreira, Camila Alencar-
dc.contributor.authorSilva, Viviane Carvalho da-
dc.contributor.authorFreitas, Marcos Rabelo de-
dc.date.accessioned2018-10-03T18:14:54Z-
dc.date.available2018-10-03T18:14:54Z-
dc.date.issued2018-07-
dc.identifier.citationLOPES, Willian Silva et al. Prevalência de desvio de septo nasal em crianças e adolescentes de um hospital terciário. Rev Med UFC, Fortaleza, v. 58, n. 3, p. 25-29, jul./set. 2018.pt_BR
dc.identifier.issn0100-1302-
dc.identifier.issn2447-6595 (Online)-
dc.identifier.urihttp://periodicos.ufc.br/revistademedicinadaufc/index-
dc.identifier.urihttp://diadorim.ibict.br/handle/1/839-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36211-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherRevista de Medicina da UFCpt_BR
dc.subjectSepto Nasalpt_BR
dc.subjectDeformidades Adquiridas Nasaispt_BR
dc.subjectPrevalênciapt_BR
dc.subjectCriançapt_BR
dc.titlePrevalência de desvio de septo nasal em crianças e adolescentes de um hospital terciáriopt_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.abstract-ptbrIntrodução: Os desvios de septo nasal (DSN) podem ser assintomáticos ou apresentar obstrução nasal que interfere na qualidade de vida e no crescimento facial. Tem etiologia multifatorial. Objetivo: Avaliar a prevalência total e de determinados tipos de DSN em crianças e adolescentes, relacionando-os a sexo e idade. Método: pacientes de ambulatório de Otorrinopediatria de um hospital terciário, com idade até 16 anos completos, avaliadas através de anamnese em questionário padrão e exame físico, para classificação de DSN segundo Mladina. Identificado a presença ou não de deformidade, relacionando-a a sexo, faixa etária e tipo de desvio. Resultados: 497 crianças avaliadas, nas quais 36,8% havia DSN, sendo 37,8% no sexo masculino e 35,6% no sexo feminino. Identificou-se prevalência de 24,3% em menores de 6 anos de idade, 41,5% em crianças entre 6-11 anos e 59,6% em maiores de 11 anos. A prevalência por tipo foi de 36,5% no tipo 1, 13,1% no tipo 2, 12,5% no tipo 3, 4,9% no tipo 4, 14,7% no tipo 5, 13,1% no tipo 6 e 4,9% no tipo 7. Conclusão: A prevalência de DSN em crianças e adolescentes até 16 anos foi de 36,8%, aumentando com a idade. Não houve diferença quanto ao sexo. Os mais prevalentes foram os tipos 1 e 5.pt_BR
Appears in Collections:DMC - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_wslopes.pdf747,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.