Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36842
Title in Portuguese: Longa duração, análise (pós-) fílmica e o texto ainda inencontrável: um estudo de As mil e uma noites (2015) e Canção para um triste mistério (2016)
Title: Long duration, (post-) filmic analysis and the unfindable text: a study of arabian nights (2015) and a Lullaby to the Sorrowful mistery (2016)
Author: Monteiro, Lúcia Ramos
Keywords: Filmes de longa duração
Lav Diaz
Miguel Gomes
Long duration films
Issue Date: 2017
Publisher: Passagens - Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFC
Citation: Monteiro, L. R. (2018)
Abstract in Portuguese: O presente artigo pretende refletir sobre as estratégias para a análise fílmica a partir do enfrentamento com dois filmes de duração superior a 400 minutos: As mil e uma noites (2015), de Miguel Gomes, e Canção para um triste mistério (2016), de Lav Diaz. Filmes de longa duração podem deixar o analista que se propõe a estudá-los em uma posição incômoda, frente a uma série de problemas. Como encontrar tempo para ver, rever, localizar fotogramas, citar, comparar um filme com os anteriores? Como traduzir, pela descrição textual acompanhada da reprodução de alguns fotogramas, a experiência da duração? Mesmo quando é possível exibir um trecho em um colóquio ou incluí-lo no texto, os efeitos de repetição e acumulação que as imagens adquirem ao longo do visionamento completo esvaem-se, atualizando o paradoxo descrito por Bellour (1979). Como o analista pode analisar um e outro filmes?
Abstract: This article aims to reflect on strategies for film analyses departing from two films characterized by long duration (over 400 minutes): Miguel Gomes’ Arabian Nights (2015) and Lav Diaz’s A Lullaby for the Sorrowful Melody (2016). Long duration films can disturb film analysts. How can we find enough time to see, see again, localize photograms, quote, compare? How to translate, through textual description, the experience of duration? Even if we can reproduce extracts, the effects of repetition and accumulation vanish, actualizing the film analysis paradox described by Bellour (1979). How can those films be analysed?
Description: MONTEIRO, Lúcia Ramos. Longa duração, análise (pós-fílmica) e o texto ainda inencontrável. Um estudo de As mil e uma noites (2015) e Canção para um triste mistério (2016). Passagens: Revista do Programa de Pós-graduação em Comunicação - UFC, Fortaleza (CE), v. 8, n.2, p. 112-134, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36842
ISSN: 2179-9938
Appears in Collections:PPGCOM - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_art_lrmonteiro.pdf668,34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.