Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37161
Title in Portuguese: Violência infantojuvenil no contexto escolar: práticas discursivas sobre bullying e seus efeitos
Title: Infantojuvenil violence in the school context: discussion practices about bullying and their effects
Author: Barros, João Paulo Pereira
Keywords: Violência
Bullying
Escola
Discursos
Cartografia
Violence
School
Discourses
Cartography
Issue Date: 2018
Publisher: Revista de Psicologia
Citation: Barros, J. P. P. (2018)
Abstract in Portuguese: Tema pertinente à problematização das políticas de diferença e das relações alteritárias, o bullying tem se constituído como uma das modulações de violência infantojuvenil que mais tem sido destacada em contextos escolares e educacionais desde as últimas décadas do século XX. A partir de interlocuções com autores do campo da Filosofia da Diferença, como Foucault, Deleuze e Guattari, bem como com produções da Psicologia e da Educação que se utilizam de suas ferramenta teóricas, este artigo visa problematizar práticas discursivas sobre bullying que operam no cotidiano escolar, como desdobramento de uma pesquisa intervenção que se operacionalizou em uma escola pública no Nordeste brasileiro, da qual participaram profissionais da escola, estudantes de 11 a 15 anos e familiares desses estudantes. A pesquisa-intervenção utilizou-se de observação participante e produção de diário de campo, entrevistas semiestruturadas com a direção da escola, oficinas com docentes e estudantes, além de rodas de conversas com familiares dos discentes. A seção dos resultados deste texto destaca como sobressaem, no cotidiano escolar pesquisado, práticas discursivas que ratificam processos de naturalização, banalização e despolitização da violência escolar, à medida que posicionam o bullying como um fenômeno auto-evidente.
Abstract: Bullying, as a subject pertinent to the problematization of politics of difference and alterity relationships, has been constituted as one of the most prominent kind of violence to children and young people in school and education contexts since the last decades of 20th century. This article aims to discuss discursive practices about bullying that function in everyday school life. It is an ufolding of an intervention-research with school workers, students ages 11-15 and their families that happened in a public school of brazilian Northeast. This research was grounded on authors of Phylo- polophy of Difference, such as Foucault, Deleuze and Guatarri, as well as psychological and educational writings that are theorically grounded oh these authors. The intervention-research used participant observation and field diary, semi-structured interviews with school managers, workshops with teachers and students, besides rounds of conversation with student's families. The results highlight discursive practices that ratify processes of natualisation, trivialisation and depoliticisation of school violence,once it takes bullying as a self-evident phenomenon.
Description: BARROS, João Paulo Pereira. Violência infantojuvenil no contexto escolar: práticas discursivas sobre bullying e seus efeitos. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 9, n.2, p. 60-69, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37161
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_jppbarros.pdf293,87 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.