Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37421
Title in Portuguese: As interações entre bebês em creche
Author: Silva, Márcia Vanessa
Advisor(s): Silva, Fátima Sampaio
Keywords: Interações
Bebês
Creche
Issue Date: 2015
Citation: Silva, M. V.; Silva, F. M. (2015)
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa teve como objetivo geral analisar as interações entre bebês, na faixa etária de 12 a 18 meses, em uma creche pública em um município do Ceará. Seus objetivos específicos foram: caracterizar a rotina da creche; identificar e analisar episódios interativos entre bebês e investigar as concepções das professoras sobre as interações entre eles. A investigação, que se fundamentou na perspectiva de Vygotsky, foi desenvolvida a partir de uma abordagem qualitativa. Os sujeitos foram nove bebês, entre 12 a 18 meses, e suas quatro professoras. Realizou-se a coleta de dados mediante a utilização das seguintes técnicas: a observação para a caracterização da instituição e da rotina da turma investigada; a entrevista e o questionário para identificar as concepções das professoras sobre o tema em questão. Os dados foram registrados por meio dos seguintes recursos: diário de campo e videogravação para a identificação e análise dos episódios interativos entre bebês e a audiogravação para o registro das entrevistas com as professoras. Os resultados encontrados revelaram que a rotina da creche se configurou como rotineira e com muitos momentos de ociosidade. Demonstraram também que a rotina não considera as especificidades dos bebês, chegando a limitar as possibilidades de interações entre eles, tão importantes para suas aprendizagens e desenvolvimento. No que concerne aos episódios interativos, os resultados indicaram que as interações entre os bebês ocorreram em um contexto espontâneo e motivacional embasado nas manifestações emocionais dos parceiros; na disputa por um determinado objeto; na imitação; nos convites para brincar e na articulação de papéis. Assim, foi perceptível que o referido contexto estava impregnado de estratégias imitativas, gestos, olhares, toques, gritos, risadas, balbucios que permeavam as ações contagiantes entre os bebês. Em relação às concepções das professoras sobre as interações entre bebês, os dados indicaram que elas, aparentemente, não possuem embasamento teórico sobre o tema e parecem desconhecer o fato de que, como professoras de Educação Infantil, são também responsáveis pela promoção de interações entre os bebês. Assim, constatou-se a necessidade de um maior investimento financeiro por parte das políticas públicas, nas instituições de Educação Infantil e de uma sólida formação inicial e continuada dos professores dessa primeira etapa da educação. Estas condições são indispensáveis para a organização e o funcionamento de creches em que se respeitem os direitos das crianças e se valorizem as suas interações.
Description: SILVA, Márcia Vanessa. As interações entre bebês em creche. 2015. 143f. –TCC (Monografia) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil, Fortaleza Ce), 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37421
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:EDEI - Monografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_tcc_mvsilva.pdf3,85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.