Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3754
Título: Valoração econômica dos usos diretos do ecossistema manguezal: O caso da foz do Rio Jaguaribe - Ce
Título em inglês: Economic valuation of the direct uses from the mangrove ecosystem: The case of Jaguaribe River Mouth - Ce
Autor(es): Castro, Francisco Tiago Costa de
Araujo, Rogerio Cesar Pereira de
Sousa, Heloísa Cunha e
Palavras-chave: Manguezal
Valoração econômica
Valoração contingente
Usos diretos
Rio Jaguaribe
Data do documento: 2010
Editor: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia Administração e Sociologia Rural - SOBER, 48
Citação: CASTRO, F. T. C. ; ARAUJO, R. C. P. ; SOUSA, H. C. (2010)
Resumo: Dos ecossistemas presentes na zona costeira destaca-se o manguezal por ser uma área de grande interesse para a população humana em virtude de seu caráter socioeconômico. Nessas áreas encontram-se as comunidades tradicionais pesqueiras e/ou indígenas, que subsistem dos produtos extraídos diretamente desses ecossistemas, tais como recursos pesqueiros e florestais. O objetivo dessa pesquisa foi fazer uma valoração econômica dos benefícios extraídos diretamente pelas comunidades tradicionais localizadas no manguezal do Rio Jaguaribe, um dos mais importantes do Estado. Para isto, inicialmente, foi feita, a caracterização socioeconômica das comunidades tradicionais, as quais se beneficiam dos usos diretos dos seus produtos; realizou-se a identificação das atividades e usos do manguezal pelos mesmos; e estimou-se o valor dos usos diretos do manguezal por meio da Metodologia de Valoração de Contingente (MVC). Os resultados obtidos mostraram que as comunidades estudadas apresentam condição de vida precária, baixo nível de escolaridade e renda originada principalmente da pesca artesanal. As principais atividades executadas pelos ribeirinhos é a pesca e a coleta de mariscos, tendo como principais produtos o siri, o sururu e o peixe. O valor encontrado para o manguezal a partir da metodologia proposta foi de US$5.657,70/ha/ano. Por meio dos resultados encontrados nesta pesquisa, pode-se concluir que é alto o grau de importância dado pelos usuários em relação ao manguezal presente no estuário do Rio Jaguaribe e que eles têm noção dos fatores antrópicos que ameaçam a sustentabilidade desse ecossistema. Concluiu-se, também que o número de pescadores e marisqueiras (mulheres que coletam mariscos) da Foz do Rio Jaguaribe que estão dispostos a receber remuneração em troca dos benefícios do manguezal é menor do que os não dispuseram.
Abstract: Among the ecosystems present in the coastal zone the mangrove is one that stands out for being an area of great interest to the human population because of their socioeconomic character. In these areas, there are traditional fishing communities and/or indigenous people, who subsist from the products extracted directly from these ecosystems, such as fisheries and forestry. The aim of this study was to do an economic valuation of the benefits derived directly to the traditional communities located in River mangrove Jaguaribe, one of the most important of the State. To do that, initially, it was done the socioeconomic characteristics of traditional communities, which benefit from the direct uses of mangrove’s products; it was identified the activities and uses made of the mangroves; and, it was estimated the mangrove’s direct use values through out the Contingent Valuation Method (CVM). The results showed that the studied communities have poor living conditions, low education and income arising mainly from fishing. The main activities carried out by the riverside dwellers were fishing and collecting shellfish, being the main products, the crab, mussels and fish. The value found for the mangrove estimated by the proposed methodology was US$5,657.70 (ha.year)-1. Based on the findings in this study, we can conclude that it is high the level of importance given by users in relation to the mangrove existent in the Jaguaribe River’s estuary and they have a notion concerning the anthropogenic factors threatening the sustainability of this ecosystem. It was concluded also that the number of fishermen and “marisqueiras” (women collecting seafood) in the Jaguaribe River mouth who are willing to receive remuneration in exchange for the mangrove benefits is less than those unwilling.
Descrição: CASTRO, Francisco Tiago Costa de; ARAUJO, Rogerio Cesar Pereira de; SOUSA, Heloísa Cunha e. Valoração econômica dos usos diretos do ecossistema manguezal: O caso da foz do Rio Jaguaribe-Ce. Congresso da Sociedade Brasileira de Economia Administração e Sociologia Rural - SOBER, 48, Campo Grande-MS, p.1-21, 25-28 jul. 2010
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3754
ISSN: 978.85.7791.110.3
Aparece nas coleções:DEA - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_eve_ftccastro.pdf237,11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.