Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37574
Título: Estimativa dos parâmetros da equação de van Genuchten em laboratório e por modelagem inversa com Hydrus-1D
Autor(es): Nascimento, Ícaro Vasconcelos do
Orientador(es): Mota, Jaedson Cláudio Anunciato
Coorientador(es): Alencar, Thiago Leite de
Palavras-chave: Metodologia em solo
Curva característica de água no solo
Perfil instantâneo
Data do documento: 2017
Citação: NASCIMENTO, I. V. (2017)
Resumo: O monitoramento do comportamento hidráulico do solo é fundamental no manejo da água na agricultura irrigada, influenciando a produtividade vegetal e a preservação do ambiente. Portanto, a curva característica de água no solo (CCAS) ganha importância, pois orienta quando e quanto irrigar, otimizando o uso da água. A CCAS pode ser obtida em campo ou laboratório, sendo comumente determinada em laboratório com extrator de placa porosa. Seu ajuste pode ser feito por diversos modelos, sendo o de van Genuchten (1980) um dos mais utilizados. A obtenção de parâmetros hidráulicos do solo, como a CCAS, é dificultada por questões como tempo e mão de obra. Assim, as funções de pedotransferência, que permitem obter parâmetros do solo indiretamente, ganham utilidade. Neste cenário está a modelagem inversa, que permite a obtenção de uma variável através de suas implicações, partindo do efeito para a causa. O modelo Hydrus-1D é um exemplo de modelo inverso que permite obter propriedades hidráulicas do solo. Diante do exposto, partiu-se da hipótese de que o modelo Hydrus-1D, por estar fundamentado em processos físicos, simula os parâmetros da equação de van Genuchten e, por consequência, a CCAS de um Argissolo de modo mais coerente com as condições de campo que aqueles obtidos em laboratório, além de reduzir o tempo e o labor do procedimento. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi obter, em Argissolo, os parâmetros da equação de van Genuchten por meio do modelo inverso com Hydrus-1D, como também em laboratório, e efetuar as respectivas comparações e inferências. Para tanto, obtiveram-se dados de potencial mátrico ao longo do tempo a partir de experimento tipo perfil instantâneo, realizado em Argissolo Amarelo em Fortaleza/CE. Foram instaladas no entorno do centro da parcela experimental seis baterias com três tensiômetros cada, nas profundidades de 0,20, 0,35 e 0,50 m. A profundidade alvo foi 0,35 m, onde se concentra as raízes da maioria das culturas, sendo os demais tensiômetros usados para obter o gradiente de potencial. Os dados de potencial mátrico foram utilizados para alimentar o Hydrus-1D e obter os parâmetros da equação de van Genuchten. As curvas de laboratório foram obtidas em extrator de placa porosa, com quatro repetições. A normalidade dos dados foi verificada pelo teste de Jarque-Bera e a comparação das médias pelo teste t de Student, ambos a 5% de significância. Também foram construídos gráficos de umidade versus tempo e potencial mátrico versus tempo, visando verificar se os dados ajustados pelo modelo condizem com os de campo. Essa verificação foi feita pelo coeficiente de eficiência – E, e pela raiz quadrática do erro médio – RMSE. Concluiu-se que, em geral, o modelo Hydrus-1D estima os parâmetros da equação de van Genuchten e, por consequência, a CCAS de um Argissolo de modo mais coerente com as condições de campo que aqueles obtidos em laboratório; e desde que abastecido com dados de campo, o Hydrus-1D simula bem o comportamento do potencial mátrico e da umidade no tempo, reduzindo o tempo e o labor da obtenção dos parâmetros da equação de van Genuchten em laboratório.
Abstract: The monitoring of soil hydraulic behavior is fundamental in irrigated agriculture, because it influences crop production and environmental preservation. Thus, the soil-water characteristic curve (SWCC) gains importance, since it guides when and how much to irrigate, optimizing the use of water. The SWCC can be obtained in the field or laboratory, being commonly determined in laboratory with pressure plate extractor. Its adjustment can be made by several models, but one of the most used is the van Genuchten (1980) equation. Obtaining of soil hydraulics parameters, such as SWCC, is often difficult due to issues such as time and labor. So, pedotransfer functions, which allows to obtain soil parameters indirectly, gain utility. In this scenario is the inverse modeling, which allows a variable to be obtained through its implications, thus, it starts from the effect and arrives at the cause. The Hydrus-1D model is an example of inverse approach that allows the achievement of soil hydraulic properties. Therefore, this study was based on the hypothesis that the Hydrus-1D model, because it is based on physical processes, correctly simulates the parameters of the van Genuchten equation and, consequently, the SWRC of an Argissolo, in a way more coherent with the field conditions than those obtained in the laboratory, besides reducing the time and the labor of the procedure. Therefore, the objective of this work was to obtain, in an Argissolo, the parameters of the van Genuchten equation with Hydrus-1D inverse approach, as well as in the laboratory, and to make the respective comparisons and inferences. To do so, data of matric potential over time from an instantaneous profile experiment were collected in an Argissolo Amarelo in Fortaleza/CE. Six batteries with three tensiometers each were installed around the center of the experimental plot, at depths of 0.20, 0.35 and 0.50 m. The target depth was 0.35 m, where the root system of most cultivated species is concentrated. The other tensiometers were used to obtain the potential gradient. The Hydrus-1D model was fed with matric potential data to obtain the parameters of the van Genuchten equation. The laboratory curves were obtained in a porous plate extractor, with four replicates. The normality of the data was verified by Jarque-Bera test and the comparison of means was made by Student's t-test, both at 5% of significance. Graphs of moisture versus time and matric potential versus time were also plotted, to verify if the adjusted data matched those of the field. This verification was performed using the coefficient of efficiency – E, and the root mean squared error- RMSE. It was concluded that, generally, the Hydrus-1D model estimates the parameters of the van Genuchten equation, and consequently, the SWCC of an Argissolo in a more coherent way than the ones obtained in laboratory; and if field data are supplied, Hydrus-1D simulates well the behavior of matric potential and moisture in time, reducing the time and labor of obtaining the parameters of the van Genuchten equation in the laboratory.
Descrição: NASCIMENTO, Icaro Vasconcelos do. Estimativa dos parâmetros da equação de van genuchten em laboratório e por modelagem inversa com Hydrus-1D. 2017. Monografia (Graduação em Agronomia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37574
Aparece nas coleções:AGRONOMIA - Monografias

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_tcc_ivnascimento.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.