Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37705
Title in Portuguese: A construção do abandono como traço identitário dos filhos adotivos
Title: The construction of abandonment as an identity trait of adopted children
Author: Duque, Amanda Marques
Oliveira Filho, Pedro de
Keywords: Adoção
Abandono
Identidade
Discurso
Issue Date: 2018
Publisher: Revista de Psicologia
Citation: Duque, A. M.; Oliveira Filho, P. (2018)
Abstract in Portuguese: A adoção é um tema complexo e multifacetado. Por razões históricas e culturais, algumas vezes, reporta-se a ideia de que os filhos adotivos vivenciam um drama e possuem a marca do abandono em suas identidades. Para a Psicologia Social Discursiva e teóricos pós-estruturalistas, as identidades são construídas através das práticas sociais, discursivas e são objetos negociados e disputados por diferentes discursos. Assim, analisamos discursos da mídia e de pessoas que trabalham em prol da adoção, procurando compreender os seus posicionamentos diante da suposta relação entre adoção e abandono na identidade dos filhos adotivos e a natureza dos argumentos que mobilizam nesses posicionamentos. Posto isso, realizamos entrevistas semiestruturada com militantes de dois grupos de apoio à adoção (GAA), coleta do material discursivo disponibilizado no site da Associação Nacional de Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD) e matérias do Jornal Folha de S. Paulo. Na análise foi utilizado o referencial teórico-metodológico da Psicologia Social Discursiva, a qual dispensa uma especial atenção às ações realizadas com o uso da linguagem. Os resultados indicam que o abandono é construído como um atributo central na identidade dos filhos adotivos, especialmente na mídia, porém aparece de maneira ambígua nos relatos dos militantes da adoção.
Abstract: Adoption is a complex and multifaceted subject. For historical and cultural reasons, it has sometimes been reported that adopted children are living a drama and have abandonment issues. According to Discursive Social Psychology and Post-structuralism theorists, identities are constructed through social and discursive practices, negotiated and disputed by different discourses. Thus, we analysed the discourses of the media and of people who work in favour of children adoption, trying to understand their positioning regarding the so-called relation between adoption and abandonment in the identities of adopted children, and the kind of arguments behind these positions. We arranged semi-structured interviews with members of two support groups for adoption (GAA), and collected material available on the National Association of Adoption Support Groups (ANGAAD) site and news published by the Folha de S. Paulo. For the analysis, we used the theoretical and methodological framework of Discursive Social Psychology, which gives special attention to the actions performed through the use of language. The results demonstrate that abandonment is constructed as a central attribute in the identity of adopted children, especially in the media, but it is presented more ambiguously in the narratives of the adoption support groups.
Description: DUQUE, Amanda Marques; OLIVEIRA FILHO, Pedro de. A construção do abandono como traço identitário dos filhos adotivos. Revista de Psicologia, Fortaleza, v. 9, n. 2, p.117-126, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37705
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_amduquepoliveirafilho.pdf286,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.