Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3813
Título: Evolução das exportações, comércio intrasetorial e impactos ambientais dos negócios internacionais de madeireira brasileira
Autor(es): Almeida, Rachel Silva
Carvalho, Rosemeiry Melo
Mera, Ruben Dario Mayorga
Palavras-chave: Comércio
Madeira
Brasil
União Européia
Estados Unidos
Data do documento: 2008
Editor: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, SOBER, 46
Citação: ALMEIDA, R. S. ; CARVALHO, R. M. ; MERA, R. D. M. (2008)
Resumo: O Brasil é importante exportador de madeira do mundo, tendo como principais mercados de destino os Estados Unidos e a União Européia. Desse modo, nesse estudo pretende-se estimar as equações de oferta e demanda por exportação madeireira do Brasil para os Estados Unidos e a União Européia; identificar as fontes de comércio madeireiro do Brasil nos seus principais mercados de destino; e, verificar o efeito do comércio internacional madeireiro sobre a taxa de desmatamento das florestas do Brasil. De acordo com os resultados obtidos verificou-se que a demanda e a oferta de madeira brasileira da União Européia são inelásticas em relação ao preço. Por outro lado, no mercado norte americano a demanda é elástica, enquanto a oferta é inelástica. Adicionalmente, um aumento do grau de abertura desses mercados aumentará as exportações brasileiras de madeiras. Com base nos valores dos índices Grubel-Lloyd pode-se afirmar que as vantagens comparativas, provenientes das diferenças nas dotações de fatores, representam a principal fonte de comércio de madeira entre os mercados considerados. A taxa de crescimento das exportações madeireiras e a taxa de crescimento do desmatamento das florestas brasileiras apresentam uma correlação fraca e positiva, indicando que o crescimento das exportações para esses mercados não têm fortes impactos sobre o desmatamento florestal no Brasil.
Abstract: Brazil is an important exporter of wood in the world, with the main destination markets of the United States and the European Union. Thus, this study aims to estimate the equations of supply and demand for timber exports from Brazil to the United States and the European Union; Identify the sources of wood trade of Brazil in its main markets of destination; and, check the effect of international trade wood timber on the rate of deforestation of the forests of Brazil. According to the results it was found that the demand and supply of wood Brazilian European Union are inelastic in relation to the price. Moreover, in the North American market demand is elastic, while the supply is inelastic. Additionally, an increase in the degree of openness of these markets will increase exports of Brazilian wood. Based on the values of the indices Grubel-Lloyd can be stated that the comparative advantages, from the differences in appropriations of factors, represent the main source of trade in wood between the markets considered. The growth rate of exports wood timber and the rate of increase in the deforestation of the Brazilian forests have a low correlation and positive, Indicating that the growth in exports to these markets do not have strong impacts on the forest deforestation in Brazil.
Descrição: ALMEIDA, Rachel Silva; CARVALHO, Rosemeiry Melo; MERA, Ruben Dario Mayorga. Evolução das exportações, comércio intrasetorial e impactos ambientais dos negócios internacionais de madeireira brasileira. Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural - SOBER, 46, Rio Branco-Acre, p.1-17, 20-23 jul. 2008
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3813
ISSN: 0104-0618
Aparece nas coleções:DEA - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_eve_rsalmeida.pdf170,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.