Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38516
Title in Portuguese: A impossibilidade de pensar certas coisas: analisando o conceito de episteme em Michel Foucault
Author: Gonçalves, Daniel Luis Cidade
Keywords: Pensamento
Episteme
Analítica da finitude
Issue Date: 2018
Publisher: Revista Argumentos
Citation: GONÇALVES, Daniel Luis Cidade. A impossibilidade de pensar certas coisas: analisando o conceito de episteme em Michel Foucault. Argumentos Revista de Filosofia, Fortaleza, ano 10, n. 20, p. 152-165, jul./dez. 2018.
Abstract in Portuguese: Este artigo busca compreender, em termos foucaultianos, como foi possível. em algum momento de nossa história, pensarmos certas coisas que até então nos pareciam impensáveis. Em sua obra As palavras e as coisas o filósofo nos apresenta essa problemática que acreditamos circundar grande parte de seus escritos, na medida em que alega que toda sua obra busca entender as condições de existência e de possibilidade do pensamento. Acreditamos que Foucault fornece ferramentas teóricas para lidarmos com o fato de que o próprio pensamento possui uma história e depende da mesma não só para ser inteligível e entendido como coerente, mas para existir. Para compreendermos melhor esta problemática será necessário analisar especialmente o conceito de episteme, em suas três formulações, mas também os conceitos de a priori histórico, analítica da finitude e morte do homem. A partir disso, será possível compreendermos melhor a inserção do pensamento de foucaultiano em uma tradição filosófica não-essencialista, na qual a coerência e a própria existência de nossas práticas, crenças, desejos e pensamentos, depende da existência de condições externas e contigentes a nós.
Abstract: This article tries to understand, in Foucauldian terms, how it was possible, at some point in our history, think about certain things that until then seemed unthinkable. In his work The order of things the philosopher presents us with this problematic that we believe to encompass a large part of his writings, insofar as he claims thatall his work seeks to understand the conditions of existence and possibility of thought. We believe that Foucault provides theoretical tools to deal with the fact that thought itself has a history and depends on it not only to be intelligible and understood as coherent but to exist. In order to better understand this problem, it is necessary to analyze the concept of episteme in its three formulations, but also the concepts of historical a priori, analytical of the finitude and death of man. From this, it will be possible to better understand the insertion of Foucaultian thought into a non-essentialist philosophical tradition, in which the coherence and very existence of our practices, beliefs, desires and thoughts depends on the existence of external and contingent conditions.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38516
metadata.dc.type: Artigo
ISSN: 1984-4255 (online)
1984-4247 (impresso)
Appears in Collections:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_dlcgonçalves.pdf155,87 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.