Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38709
Title in Portuguese: Perfil de erupção de pacientes portadores da síndrome de zika congênita
Author: Pereira, Taissa Andreza Alves
Advisor(s): Fonteles, Cristiane Sá Roriz
Keywords: Erupção Dentária
Zika vírus
Odontopediatria
Issue Date: 10-Dec-2018
Citation: PEREIRA, T. A. A. Perfil de erupção de pacientes portadores da síndrome de zika congênita. 2018. 25 f. TCC (Graduação em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Síndrome da Zika Congênita (SZC) é a condição com a qual nascem os bebês afetados pelo Vírus da Zika durante o primeiro trimestre de gravidez, descoberta após o aumento significativo no número de crianças nascidas com microcefalia no Brasil, posteriormente a um surto de infecção por Zika ocorrido em 2015. A erupção dentária faz parte do desenvolvimento e crescimento infantil e indica uma série de ocorrências biológicas que podem sofrer influências e ter o seu curso alterado. O objetivo desse estudo foi avaliar a erupção dentária em crianças portadoras da SZC, de maneira qualitativa e quantitativa, incluindo possíveis associações existentes entre o evento de erupção, idade cronológica e sexo. Foram avaliados 19 bebês diagnosticados com SZC em 4 momentos em Fortaleza (CE) num estudo prospectivo observacional. Os dados obtidos foram tabulados e posteriormente submetidos à análise estatística (p < 0,001). Inicialmente os voluntários tinham em média 10,32 meses, 63,20% (n = 12) da amostra tendo ausência total de dentes decíduos. Já no último mutirão, a média de idade foi de 30,68 meses, tendo 18 bebês pelo menos 1 molar erupcionado. Em todos os mutirões os meninos possuíam mais dentes do que as meninas. Nos mutirões 3 e 4 todos os voluntários possuíam pelo menos 1 dente erupcionado. A comparação entre o número de dentes erupcionados nos bebês e entre a idade da população avaliada durante os mutirões demonstrou diferença significativa (p < 0,001). Não se observou correlação significante ao correlacionar a idade dos bebês em cada mutirão com os totais de dentes erupcionados. Concluiu-se que erupção dos dentes decíduos dos meninos precede a das meninas e há atraso no início da erupção dentária nos bebês portadores da SZC, quando comparado aos padrões descritos previamente na literatura.
Abstract: Congenital Zika Syndrome (SZC) it’s a condition where infants are afected by Zika virus during the first trimester of pregnancy, discovered after a significant increase in the number of children born with microcephaly in Brazil after an outbreak of Zika infection in 2015. Dental eruption is part of child development and growth and indicates a series of biological occurrences that can be influenced and have its course altered. The objective of this study was to evaluate the dental eruption in children with SZC, qualitatively and quantitatively, including possible associations between eruption event, chronological age and sex. Nineteen kids diagnosed with SZC were evaluated in 4 moments at Fortaleza (CE) in a prospective observational study. Data were tabulated and later submitted to statistical analysis (p <0.001). Initially the volunteers had on average 10.32 months, 63.20% (n = 12) of the sample having total absence of deciduous teeth. In the last evaluation, the average age was 30.68 months, 18 babies with at least 1 molar erupted. during all the mutirões, boys had more teeth than the girls. In mutirões 3 and 4 all volunteers had at least 1 erupted tooth. The comparison between the number of teeth erupted in infants and between the age of the population evaluated during the mutirões showed a significant difference (p <0.001). No significant correlation was observed when correlating the age of the babies in each group with the totals of erupted teeth. It was concluded that boys’ deciduous teeth eruption precedes girls and there is a delay in the beginning of the dental eruption in the babies with SZC, when compared to the previously described patterns in the literature.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38709
Appears in Collections:ODONTOLOGIA - Monografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_taapereira.pdf261,66 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.