Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38934
Título em portugués: Avaliação da implementação da política pública de educação integral e o modelo de gestão nas escolas municipais de tempo integral no munícipio de Fortaleza
Autor: Garcia, Solange Maria Colares
Fernandes, Miriane Dantas
Sousa, Ruani Cordeiro de
Palabras clave : Conceito de educação integral
Políticas públicas
Gestão educacional
Fecha de publicación : 2015
Citación : GARCIA, Solange Maria Colares; FERNANDES, Miriane Dantas; SOUSA, Ruani Cordeiro de. Avaliação da implementação da política pública de educação integral e o modelo de gestão nas escolas municipais de tempo integral no munícipio de Fortaleza. In: FÓRUM INTERNACIONAL DE PEDAGOGIA, 7., 11 a 13 nov. 2015, Parintins (AM). Anais... Parintins (AM), 2015.
Resumen en portugués: O objetivo desse trabalho é avaliar a implementação da política pública de educação integral e os processos educativos das escolas municipais de tempo integral de Fortaleza. A avaliação acontece com a discussão dos conceitos de educação integral, do confronto dos processos educativos e o novo modelo de escola com a ruptura de paradigmas. O locus da pesquisa se deu nas seis primeiras escolas onde foi implementada a ampliação da jornada na perspectiva da educação integral. Realizamos uma discussão sobre “avaliação em profundidade”, na qual buscamos aportes teóricos em Rodrigues que destaca aspectos que nortearam a pesquisa, tais como: estudo do modelo de escola, do modelo pedagógico e do modelo de gestão. Os sujeitos envolvidos nesse processo foram: núcleo gestor e líderes de turma. Realizamos um estudo de caso em que utilizamos uma pluralidade de técnicas e instrumentos, tais como, entrevistas e o grupo focal. Na coleta dos dados, confrontamos os conceitos de educação integral e como os alunos são percebidos nesse modelo. Para dar sustentabilidade ao trabalho apresentamos três teóricos: o primeiro aborda a educação integral na perspectiva do ser humano na sua integralidade, o segundo apresenta os quatro pilares de desenvolvimento das competências do educando e o terceiro discute educação integral como meio de levar o homem à construção da autonomia e da emancipação. Concluímos que os profissionais se dispõem a aprender novos processos quando acreditam no aluno se veem como sujeito capaz de se tornar protagonista de sua vida e de sua comunidade.
URI : http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38934
metadata.dc.type: Artigo de Evento
ISSN : 2316-1086
Aparece en las colecciones: DTPE - Trabalhos apresentados em eventos

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
2015_eve_smcgarcia.pdf640 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.