Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39438
Title in Portuguese: A mística de Simone Weil e a análise dos sonhos: aproximações fenomenológicas
Title: Simone Weil's Mystics and the analysis of dreams: phenomenological approaches
Author: Azevedo, Patrick Wagner de
Keywords: Mística
Análise de sonhos
Daseinsánalise
Fenomenologia
Issue Date: 2019
Publisher: Revista de Psicologia
Citation: AZEVEDO, Patrick Wagner de. A mística de Simone Weil e a análise dos sonhos: aproximações fenomenológicas. Revista de Psicologia, Fortaleza (CE), v. 10, n. 1, p. 148-157, jan./jun. 2019.
Abstract in Portuguese: Neste trabalho, pretendemos fazer dialogar âmbitos da existência que raramente são vistos reunidos: a análise de sonhos, numa abordagem daseinsanalítica, e a experiência mística. Para tanto, lançamos mão de um sonho de um de meus pacientes e os relatos de Simone Weil, mística judia do século XX. Nesse sentido, meu paciente trouxe um sonho emblemático onde evidencia-se que o âmbito espiritual de sua existência estava recebendo pouca atenção. Vemos que os sonhos podem assumir o papel de apontar ao Dasein que diferentes âmbitos existenciais estão sendo negligenciados. A experiência mística, entendida como relação de pessoalidade com Deus, é um desses âmbitos e, quando negligenciada, pode produzir uma limitação na liberdade existencial do dasein. O mundo técnico parece desqualificar experiências não apreensíveis pela razão lógica, mas a existência pode sustentar sua essencial liberdade e permanecer aberta, plural e afeita às explosões de possibilidades que o Dasein, em última instância, é. A daseinsanálise é prática psicoterápica apoiada na fenomenologia hermenêutica de Heidegger e aponta para o acolhimento da diversidade infindável de possibilidades existenciais que atravessam o Dasein.
Abstract: In this work, we intend to relate different scopes of existence, which are rarely connected: dream analysis, in a daseinsanalysis approach, and the mystic experience. For that purpose, we resorted to a dream of one of my patients and Simone Weil’s reports, a mystic Jew who lived in the XX century. In these terms, my patient brought an iconic dream,revealing that the spiritual sphere of his existence was lacking the necessary attention. We can affirm that dreams play the role of showing the Dasein the existential scopes thatare being neglected. The mystic experience, understood as the personal relationship with God, is one of these areas and, when neglected, can limit the existential freedom of dasein. The technical world seems to disqualify any experiences that are not apprehensible by logical reason, but the existence can sustain its essential freedom and remain open, multiple andinured to the variety of possibilities that the Dasein, ultimately, represents. The daseinsanalysis is a psychotherapeutic practice sustained by Heidegger’s hermeneutics phenomenology and points to welcoming the everlasting diversity of existential possibilities that integrate the Dasein.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39438
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 2179-1740 (online)
0102-1222 (impresso)
Appears in Collections:DPSI - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_art_pwazevedo.pdf282,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.