Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39579
Title in Portuguese: Aplicação pré-colheita de reguladores de crescimento na qualidade e fisiologia pós-colheita de caju
Author: Souza, Kellina Oliveira de
Advisor(s): Miranda, Maria Raquel Alcântara de
Co-advisor(s): Moura, Carlos Farley Herbster
Keywords: Anacardium occidentale
Ácido giberélico
Aminoetoxivinilglicina
Conservação
Antioxidante
Issue Date: 2016
Citation: SOUZA, Kellina Oliveira de. Aplicação pré-colheita de reguladores de crescimento na qualidade e fisiologia pós-colheita de caju. 2016. 90 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: O caju, não climatérico, tem grande destaque na fruticultura brasileira, pois representa uma atividade econômica e social de grande expressão na região Nordeste. Deve ser colhido totalmente maduro e por ser altamente perecível, tecnologias pré-colheita podem auxiliar na sua conservação pós-colheita, mantendo a firmeza e prolongando a vida útil. Um dos problemas enfrentados pelos produtores, especialmente aqueles voltados para consumo dos pedúnculos de caju frescos, é sua rápida maturação na planta, o que dificulta a comercialização deste produto. Portanto, o uso de tecnologias para prolongar o período de colheita e promover a manutenção da qualidade de pedúnculos em pós-colheita são necessários. Desta forma, reguladores do crescimento de plantas, como giberelinas e aminoetoxivinilglicina, têm sido usados como tratamento para manutenção da qualidade póscolheita de frutos. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito da aplicação pré-colheita de ácido giberélico (GA3) e (AVG) sobre a qualidade e vida útil pós-colheita de pedúnculos de dois clones de cajueiro (CCP 76 e BRS 189) durante armazenamento refrigerado a 3 e 5 ± 2 °C, respectivamente. A aplicação de ambos os reguladores, GA3 (180 mg L-1) e AVG (180 mg L-1) ocorreu aos 40 dias após antese, estádio no qual os frutos apresentavam castanha e pedúnculo de coloração verde. Os frutos foram colhidos 5 dias após aplicação dos tratamentos, no ponto de colheita comercial. Os dados aqui apresentados demonstraram que os efeitos do tratamento pré-colheita com GA3 melhoraram a qualidade pós-colheita do pedúnculo dos clones através da redução da perda de massa e manutenção da firmeza durante armazenamento refrigerado. Os efeitos do AVG sobre a qualidade e fisiologia do pedúnculo foram inconsistentes.
Abstract: Cashew apple, no climacteric fruit, has great prominence in the Brazilian fruit sector, as it represents an economic and social activity of great expression in the Northeast, totally must be harvested ripe and being highly perishable, technologies pre-harvest can assist in their conservation post sampling, maintaining the firmness and shelf life. One of the problems faced by farmers, especially those facing fresh Cashew apples consumption, is its rapid maturation in the plant, which makes the marketing of this product. Therefore, the use of technologies for extending the harvest period and promote the maintenance of peduncles quality postharvest are needed. Thus, plant growth regulators such as gibberellins (GA3) and aminoethoxyvinylglycine (AVG), have been used as a treatment for maintaining the fruit postharvest quality. The aim of this study was to evaluate the effect of pre-harvest application of gibberellic acid (GA 3, ProGibb®) and aminoethoxyvinilglycine (AVG, ReTain®) on the quality and postharvest shelf life of peduncles of two clone’s cashew tree (CCP 76 and BRS 189) for storage at 3 and 5 ± 2 °C, respectively. The application of both regulators, GA3 (180 mg L-1) and AVG (180 mg L-1) occurred 40 days after anthensis, stage in which the fruits had brown and green coloring of peduncle. The fruits were harvested 5 days after treatment application, the commercial harvest point. The data presented here demonstrate that the effects of GA3 pre-harvest treatment improved clone’s peduncle postharvest quality by reducing the weight loss and maintenance of firmness during refrigerated storage. The effects of AVG on the quality and peduncle physiology were inconsistent.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39579
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGFIT - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tese_kosouza.pdf324,36 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.