Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39609
Title in Portuguese: O problema da desigualdade social na sociedade civil e a proposta de superação no estado hegeliano
Title: The problem of social inequality in civil society and the proposal of determination in the hegelian state
Author: Assis Sobrinho, Francisco de
Soares, Marly Carvalho
Keywords: Riqueza
Pobreza
Desigualdade social
Sociedade civil
Estado
Issue Date: 2018
Publisher: Revista Dialectus
Citation: ASSIS SOBRINHO, Francisco de; SOARES, Marly Carvalho. O problema da desigualdade social na sociedade civil e a proposta de superação no estado hegeliano. Revista Dialectus, Fortaleza (CE), ano 5, n. 13, p. 190-209, ago./dez. 2018.
Abstract in Portuguese: Este artigo objetiva explicitar, a partir da relação riqueza e pobreza, como se origina a desigualdade social no contexto da sociedade civil em Hegel, bem como, compreender como se dá sua superação no âmbito do Estado hegeliano. Nesse trabalho partimos de uma abordagem acerca da dinâmica de produção da riqueza na sociedade civil e de suas implicações na origem da desigualdade social e da pobreza nesse sistema econômico e social. Para tanto, adotamos como procedimento metodológico, o método filosófico do autor, o qual nos leva a compreensão do movimento das categorias lógicas que vai do indeterminado e abstrato ao determinado e concreto. É esse, portanto, o método dialético-especulativo desenvolvido por Hegel em sua Ciência da Lógica. Na continuidade de nossa investigação evidenciamos que a desigualdade social é fruto da concentração de riquezas na sociedade civil, cuja consequência imediata é um quadro de pobreza e miséria, onde uma parcela significativa dos indivíduos dessa sociedade tem seus direitos negados. Daí se adotar a hipótese de que a superação dessa desigualdade só é possível, no âmbito do Estado onde se dá o equilíbrio de direitos e deveres.
Abstract: This article aims to explain, from the relation richness and poverty, how originates social inequality in the context of civil society in Hegel, as well as to understand how its overcoming in the scope of the Hegelian State occurs. In this work we start with an approach about the dynamics of wealth production in civil society and its implications for the origin of social inequality and poverty in this economic and social system. For this, we adopt as methodological procedure, the philosophical method of the author, which leads us to understand the movement of logical categories that goes from indeterminate and abstract to determinate and concrete. This is, therefore, the dialectical-speculative method developed by Hegel in his Science of Logic. In the continuity of our investigation we show that social inequality is the result of the concentration of wealth in civil society, whose immediate consequence is a picture of poverty and misery, where a significant part of the individuals of this society have their rights denied. Then adopt the hypothesis that the overcoming of this inequality is only possible, within the scope of the State where the balance of rights and duties is given.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39609
ISSN: 2317-2010
Appears in Collections:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_fassissobrinhomcsoares.pdf378,28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.