Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39639
Title in Portuguese: Tendência da Carga Global dos agravos relacionados ao ciclo gravídico-puerperal em adolescentes no Brasil no período de 1996-2016
Title: Trend of the global load of diseases related to the gravid-puerperal cycle in adolescents in Brazil in the period 1996-2016
Author: Pinheiro, Elizandra Pereira
Macena, Raimunda Hermelinda Maia
Advisor(s): Macena, Raimunda Hermelinda Maia
Keywords: Saúde Materna
Gravidez na Adolescência
Anos de Vida Perdidos por Incapacidade
Fisioterapia
Issue Date: 11-Dec-2018
Citation: PINHEIRO, E. P.; MACENA, R. H. M. Tendência da Carga Global dos agravos relacionados ao ciclo gravídico-puerperal em adolescentes no Brasil no período de 1996-2016. 2018. Artigo. (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Objetivos: Analisar os índices de mortalidade, anos de vida ajustados por incapacidade (DALY) e anos vividos com incapacidade (YLD) decorrente de agravos relacionados ao ciclo gravídico-puerperal em adolescentes no Brasil nos anos de 1996, 2006 e 2016. Métodos: estudo ecológico, baseado em dados secundários do Global Health Data Exchange- 2016. Foram analisados dados de mulheres entre 15 e 19 anos de idade afetadas por hemorragias maternas, sepse e outras infecções, distúrbios maternos hipertensivos (DHEG), trabalho de parto prolongado/obstruído e ruptura uterina. Realizou-se cálculo de tendência temporal por meio da regressão Joinpoint de Poisson (Program versão 4.4.2). Resultados: Houve redução na taxa de mortalidade por todas as condições maternas, com maiores decréscimo entre 1996 e 2006. Os DALYs para todas as doenças maternas reduziram com maior proporção entre 1996 e 2006 (49.20%) e os YLDs aumentaram. Os DALYs demonstraram tendência de decréscimo maior para DHEG, infecções e hemorragias (AAPC= -1,7; -1,1; -1,7 respectivamente). Os YLDs evidenciaram aumento significante para DHEG e Hemorragias (AAPC= -1,7; -1,1; -1,7 respectivamente). Conclusões: A carga global dos agravos relacionados ao ciclo gravídico-puerperal em adolescentes brasileiras no período estudado revela que a mortalidade e DALYs vem reduzindo ao longo do tempo. Contudo, mais mulheres tendem a viver mais anos com incapacidade o que repercute em sua funcionalidade e qualidade de vida.
Abstract: Objectives: To analyze mortality rates, disability-adjusted life years (DALY) and years of disability (YLD), due to injuries related to the pregnancy-puerperal cycle in adolescents in Brazil in the years 1996, 2006 and 2016. Methods: based on secondary data from the Global Health Data Exchange-2016. Data from 15- to 19-year-old women affected by maternal hemorrhages, sepsis and other infections, maternal hypertensive disorders (DHEG), prolonged / obstructed labor, and uterine rupture. Time trend calculation was performed using the Poisson Joinpoint regression (Program version 4.4.2). Results: There was a reduction in the mortality rate for all maternal conditions, with the highest proportions between 1996 and 2006 (63.41%). DALYs for all maternal diseases decreased and YLDs increased. DALYs showed a decreasing tendency for DHEG, infections and haemorrhages (AAPC = -1.7, -1.1, -1.7 respectively). The YLDs showed a significant increase for DHEG and Haemorrhages (AAPC = -1.7, -1.1, -1.7 respectively). Conclusions: The global burden of diseases related to the pregnancy-puerperal cycle in Brazilian adolescents in the period studied reveals that mortality and DALYs have been reducing over time. However, more women tend to live longer with disability, which impacts their functionality and quality of life.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39639
Appears in Collections:FISIOTERAPIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_art_eppinheiro.pdf762,78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.