Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39798
Title in Portuguese: Aplicação do modelo DEA na análise de eficiência dos portos do Nordeste do Brasil
Author: Sousa, Valeska Barros de
Advisor(s): Silva, Francisco Gildemir Ferreira da
Keywords: Portos
Nordeste
Portos - Nordeste
Issue Date: 2018
Citation: SOUSA, Valeska Barros de. Aplicação do modelo DEA na análise de eficiência dos portos do Nordeste do Brasil. 2018. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação em Finanças) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: O setor aquaviário é fundamental na economia de um país, uma vez que é responsável tanto pelo transporte de mercadorias como de pessoas. Este requer certo nível de eficiência, o que influenciará na sua forma de um porto operacionalizar, tornando-o uma referência aos demais pelo seu nível de eficiência. O presente estudo tem como objetivo avaliar a eficiência dos principais portos do Nordeste do Brasil por meio da metodologia de Análise Envoltória de Dados (DEA), utilizando o modelo não-paramétrico BCC orientado tanto a inputs quanto a outputs. Os portos analisados foram Itaqui (MA), Fortaleza (CE), Natal (RN), Pecém (CE), Salvador (BA) e Suape (PE), no período compreendido durante 2010 a 2015. Inicialmente os portos foram divididos em dois grupos, Pecém e Suape compondo o primeiro grupo e o restante dos portos formando o segundo grupo, onde foi verificado que grupo apresentava maior nível de eficiência. Em um segundo momento foi verificado se havia diferença de eficiência entre os portos componentes do primeiro grupo. Para tanto foi utilizada a estatística t no estudo. Os resultados do estudo mostraram que estatisticamente não há diferença quanto ao nível de eficiência dos dois grupos, tanto na análise orientada a inputs quanto na orientada a outputs, apesar de que o primeiro grupo teve um melhor desempenho. Em relação ao comparativo entre os portos Pecém e Suape, apenas um resultado estatisticamente comprovou superioridade do porto de Suape em relação ao Pecém. Outros resultados, apesar de não se provarem significantes, também favoreceram Suape. O porto do Pecém foi eficiente somente uma vez em relação a Suape.
Abstract: The waterway industry is primordial in the economy of a country, since it is responsible for the transport of goods as people. It requires certain level of eficiency, which will affect in the way of a port operates, making it a refference to the others by its efficiency. This paper aims to analyze the efficiency of the main ports of the Northeast of Brazil by the Data Envelopment Analysis (DEA), using the non-parametric model BCC oriented by inputs as outputs. The ports analyzed were Itaquí (State of Maranhão), Fortaleza (State of Ceará), Natal (State of Rio Grande do Norte), Pecém (State of Ceará), Salvador (State of Bahia) and Suape (State of Pernambuco), in the period between 2010 to 2015. Inicially the ports were divided in two groups, Pecém and Suape in the first group and the other ports forming the second group, where it was verified which one has the bigger efficiency level. In a second moment it was verified whether there was efficiency diference between the members of the first group. For that the t-statistics was used in the study. The results showed that statistically there was no difference in respect to the efficiency level between the two groups, considering both the analysis oriented by inputs as outputs, despite of the first one had outperformed the second one. In respect to the comparison between Pecém and Suape, only one result has statistically proved the superiority of Suape over Pecém. Other results, although it has not proved significant itself, also favored Suape. The Pecém port only outpeformed Suape once.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39798
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:FINANÇAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_vbsousa.pdf995,39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.