Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40541
Title in Portuguese: A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no ensino da matemática anos iniciais: avanço e/ou retrocesso?
Author: Souza, Heidyani Leão de
Advisor(s): Santos, Maria José Costa dos
Keywords: Currículo
BNCC
Ensino de Matemática
Issue Date: 2017
Citation: SOUZA, Heidyani Leão de. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no ensino da matemática anos iniciais: avanço e/ou retrocesso? 2017. 66f. - TCC (Monografia) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Curso de Graduação em Pedagogia, Fortaleza (CE), 2017.
Abstract in Portuguese: Este trabalho consiste em debater a questão do currículo de matemática para os anos iniciais, especialmente no contexto do processo de elaboração da Base Nacional Comum Curricular- BNCC, a atuação docente nesse trajeto e suas expectativas ante a iminente implementação dessa proposta, tão logo dê-se sua aprovação pelo Conselho Nacional de Educação-CNE. Discutimos ainda, a seleção dos conteúdos de matemática na BNCC comparativamente aos anteriormente, apresentados nos PCNM. A presente pesquisa tem como objetivo identificar, a perspectiva dos educadores matemáticos de uma escola pública da rede municipal de ensino situada no bairro da Vila União, do município de Fortaleza-Ceará. Utilizamos a metodologia de pesquisa social Survey´s, lançando mão da técnica de aplicação de um questionário individual para coletar os dados de um grupo de dez professoras efetivas da escola. Após a aplicação dos questionários, analisamos de forma global e multivariada as respostas e construímos os gráficos para quantificar o posicionamento das professoras ante as categorias investigadas, destacando os resultados alcançados. Dispondo dos resultados discutimo-los amparados nos referenciais teóricos, Souza (2008), Carvalho (1988) D´Ambrosio (2011), Lopes (2004), Veroneze (2016) e D´Ambrosio (2015). Essa pesquisa se faz relevante não somente pelos resultados obtidos e dados correlatos, mas para compreender o contexto dessa reforma educacional e implementação de uma política pública curricular com vistas a uma formação comum. Foi possível evidenciar que há espaços destinados ao debate do currículo na escola, com regularidade dos encontros, ainda que externos a essa. Destacamos que à maioria das professoras entrevistadas não foi proporcionado circunstâncias favoráveis para discussão e participação no processo de elaboração da BNCC. Evidenciamos que a implementação da BNCC não se relaciona direta e compulsoriamente às melhorias sociais e a uma formação humana integral. Vale ressaltar ainda, que identificamos uma cisão no grupo das professoras quanto a disposição do conhecimento matemático em unidades temáticas e temas integradores contidos na BNCC. Tal dissenso, indica que não há uma unanimidade entre os professores sobre a melhor maneira de organizar os conteúdos matemáticos no currículo e sinaliza para uma possível fase de transição, construindo-se um currículo dinâmico e integrante do conjunto de conhecimentos matemáticos. Por fim, identificamos que 30% das entrevistadas consideram um avanço, a implementação da BNCC frente aos PCNM e os outros 70%, consideram esse processo um retrocesso para o ensino da matemática nos anos iniciais do ensino fundamental.
Abstract: This paper wants to debate the issue of the mathematics curriculum for the initial school years, especially in the context of the elaboration process of the National Common Curriculum Base, the teachers ‘role during this process and their expectations before the imminent implementation of this proposal, as soon as it is approved by the Educational National Board (BNCC). It was also discussed the selection of mathematic contents by the BNCC compared to the ones presented in the PCNM. The objective of this research is to identify the perspective of math teachers in the city public schools situated at the Vila Uniao borough in the city of Fortaleza, Ceara. The Survey’s social methodology was applied using an individual questionnaire to collect the data of a group of ten teachers at the school. After the application of the questionnaires, the answers were analyzed in a varied and global approach and graphs were built to quantify the teachers ‘position before the investigated categories, highlighting the obtained results. With those on hands, they were discussed based on the theories of Souza (2008), Carvalho (1988) D´Ambrosio (2011), Lopes (2004), Veroneze (2016) and D´Ambrosio (2015). This research is relevant not only for its results and data, but to understand the context of the educational reformulation and implementation of a public curricular policy for a common formation. It was possible to identify that there are spaces destined to debate the curriculum in the school, with regular meetings, even if they are outside its premises. It was also highlighted that to the majority of the teachers who were interviewed it was not offered the ideal circumstances for a discussion and participation on the BNCC elaboration process. It was noted that the BNCC implementation does not relate directly and compulsorily to the social improvements and a wholesome human formation. It is also worth noticing that a schism in the teachers’ group was identified related to the disposition of the mathematical knowledge in the theme units and integral themes in the BNCC. Such disagreement shows that there is not a unanimity among the teachers on the best way to organize the mathematical contents in the curriculum and shows a possible transition phase, constructing a dynamic and integral set of mathematical knowledge. Finally, it was identified that 30% of the interviewed teachers consider the BNCC implementation an advance considering the PCNM and the other 70% consider this process a throwback in the mathematical teaching in the early years of elementary school.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/40541
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:PEDAGOGIA - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tcc_hlsouza.pdf988,76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.