Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41566
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAraújo, Mayara Carolinne Beserra de-
dc.date.accessioned2019-05-10T17:50:33Z-
dc.date.available2019-05-10T17:50:33Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationARAÚJO. Mayara Carolinne Beserra de. Análise do currículo proposto pela UNESCO para o Curso de Jornalismo. 2012. 54f. – TCC ( Monografia) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Centro de Treinamento e Desenvolvimento, Curso de Especialização em Docência do Ensino Superior, Fortaleza (CE), 2012.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41566-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEnsino superiorpt_BR
dc.subjectOrganização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura-UNESCOpt_BR
dc.subjectCurso de Jornalismopt_BR
dc.titleAnálise do currículo proposto pela UNESCO para o Curso de Jornalismopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.abstract-ptbrNeste trabalho analisa-se a importância da formação superior para exercer a profissão de jornalista, diante da conjuntura atual em que a necessidade dessa capacitação por meio da universidade permanece em discussão. O estudo questiona o que oferecem os modelos curriculares dos cursos superiores de jornalismo para serem considerados fundamentais ou apenas complementares. Para o desenvolvimento desse tema, propõe-se um debate inicial sobre a relação entre jornalismo e universidade ao longo da história e, por fim, recorre-se a uma análise pormenorizada do modelo curricular proposto pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) à luz de teóricos especialistas em currículo e tendo por base ainda a realidade cearense, por meio da comparação do modelo da UNESCO com currículos dos cursos de Jornalismo das duas universidades locais: Universidade de Fortaleza e Universidade Federal do Ceará. Com esta pesquisa, percebe-se com maior clareza a importância do Ensino Superior para se exercer o jornalismo com propriedade e excelência. A partir da análise ao modelo proposto foi possível ainda destacar dois dos principais desafios presentes no processo de elaboração de currículos para os cursos de jornalismo: o equilíbrio entre disciplinas teóricas e práticas; e a discrepância entre o conteúdo proposto para a graduação e os programas de pós-graduação, obstáculos estes relativamente sanados no modelo da UNESCO. Sugere-se que as disciplinas teóricas mantenham um grau de importância semelhante ao das práticas, exaltando a relevância de um arcabouço teórico para distinguir um profissional sem formação daquele que busca o Ensino Superior.pt_BR
Appears in Collections:EDES - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tcc_mcbaraujo.pdf383,17 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.