Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41987
Title in Portuguese: Faciologia e evolução quaternária dos eolianitos da faixa costeira entre os Municípios de Amontada e Acaraú, Litoral Oeste do Ceará
Author: Mesquita, Áquila Ferreira
Silva, Fernando Érico Yves da
Advisor(s): Silva Filho, Wellington Ferreira da
Keywords: Eolianitos
Faciologia
Dunas Frontais
Issue Date: 2012
Citation: MESQUITA, Áquila Ferreira; SILVA, Fernando Érico Yves da. Faciologia e evolução quaternária dos eolianitos da faixa costeira entre os Municípios de Amontada e Acaraú, Litoral Oeste do Ceará. 2012. 91 f. Monografia (Graduação em Geologia)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
Abstract in Portuguese: O litoral entre os municípios de Amontada e Acará' apresentam uma série de corpos eólicos de idade holocênica denominados geomorfologicamente de yardangs. Corpos esses chamados de maneira informal de Eolianitos. Tais rochas são de natureza siliciclástica com percentuais de bioclastos entre 10-25% e cimentadas fracamente por carbonato de cálcio. Esses depósitos foram formados juntos a fenômenos de recuo de linha costa, apresentando fácies de origem praial por baixo de fácies de origem continental, registrados na sucessão estratigráfica da área. Foram descritas seis unidades faciológicas, na qual representam diversos sistemas deposicionais envoltos na evolução quaternária da área, a partir de seções colunares geradas em campo balizadas com nível médio do mar atual. As fácies descritas possuem um intima relação com o modelo de evolução de dunas frontais atuais. Logo, tomando por base o principio do atualismo, podemos considerar que esse modelo pode ser aplicado a um passado recente. Foi então considerado a estruturação interna e o conteúdo biogênico nessa interpretação, identificando quatro estágios de dunas frontais, onde os dois primeiros estágios são representados geralmente com estratificações com mergulhos de baixo ângulo (<15°), os finais com estratificações de alto ângulo (>15°) e presença de icnofósseis (rizoconcreções). No que se diz respeito ao modelo evolutivo dos eolianitos, a partir de outros já existentes, pode-se então considerar sete estágios na evolução da sucessão estratigráfica da área. São esses: 1 — Acumulação de carbonato biogênico plataformal; 2 — Rebaixamento relativo do nível marinho; 3 — Formação de protodunas; 4 — Formação de dunas frontais no estágio 1 e 2 através do alojamento de vegetação de fixação; 5 — Formação de dunas no estágio 3 e 4 e icnofósseis (rizoconcreções); 6 — Formação de beach rocks na base dos depósitos de origem praial a partir de eventos diferenciados de cimentação e 7 — Erosão e deflação.
Abstract: The Ceará coast area situated between the counties of Amontada and Acaraú is marked by a number of wind foinied structures from a Holocene age, geomorphologically named by yardangs. These structures are casually called eolianite. Such rocks are of a siliciclastic type with bioclasts percentages among 10-25% and weakly cemented by calcium carbonate. This forms of deposits represents the phenoms of shoreline retreat, presenting shore facies beneath continental facies, recorded in the stratigraphic succession of the area. Six facies units were described, which represents several depositional systems wrapped in the quatemary evolution of the area, as of in columnar sections generated in field, these related to the current levei of the sea. The described facies have an intimate relation with the evolutionary model of the current foredunes. Hence, based on the principie of actualism, we can consider that this model can be applied to a recent past. It was considered by then the internai structure and the biogenic content in this interpretation, thus identifying four stages of the foredunes, where the first two stages are usually represented with stratification of iow dip angles (<15°) and the others with stratification of high angle (>15') and the presence of icnofossils. As regards the evolutionary model of eolianite, from existing ones, can be considered the seven stages in the evolution of stratigraphic succession area. These are: 1 - Accumulation of plataformal biogenic carbonate; 2 - Relative lowering of sea levei; 3 - Formation of protodunes; 4 - Foiniation of foredunes in stage 1 and 2 by the accommodation of fixing vegetation; 5 - Formation of dunes in stage 3 and 4 and icnofossils; 6 - Formation of beach rocks at the base of the shore deposits events from different cementing and 7 - Erosion and deflation.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/41987
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:GEOLOGIA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_tcc_afmesquita.pdf92,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.