Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42065
Title in Portuguese: Mapeamento geológico e caracterização petrográfica das brechas hidrotermalizadas ricas em Óxido de Ferro e Sulfeto da localidade de Croatá — Pio IX — Pi
Author: Carvalho, Luiz Robson Bôto
Advisor(s): Melo, Otaciel de Oliveira
Keywords: Mapeamento geológico - Croatá(CE)
Geologia
Issue Date: 2010
Citation: CARVALHO, Luiz Robson Bôto. Mapeamento geológico e caracterização petrográfica das brechas hidrotermalizadas ricas em Óxido de Ferro e Sulfeto da localidade de Croatá — Pio IX — Pi. 2010. 100 f. Monografia (Graduação em Geologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010.
Abstract in Portuguese: A região de Croatá está situada na porção SE da Folha Pio-IX (SB.24-Y-A-VI), e concentra uma das principais ocorrências de minerais minérios a folha. A rocha hospedeira da mineralização corresponde ao álcali-feldspato granito, de cor rósea, com granulação media a grossa, que é encontrado brechado e fortemente alterado hidrotermalmente. Essas alterações são representadas por mudanças tanto na textura, coloração, como na composição mineralógica e química das rochas hospedeiras. Entre as alterações, tem-se a potássica, propflica, hematítica e sulfetada, cuja passagem entre si é progressiva. A potássica é caracterizada pela neoformação de feldspato potássico que ocorre disseminado e em faixas e/ou veios que representa o estágio inicial da alteração hidrotermal; A alteração propflica é marcada predominantemente pela epidotização dos feldspatos que ocorrem disseminados e em veios, refletindo um estágio mais avançado da alteração hidrotermal; na sulfetação a rocha é composta principalmente por pirita que ocorre disseminada e em veios milimétricos a centimétricos em padrão tipo stockworks, junto a brechas graníticas feldspáticas e encontra-se recortada por fraturas preenchidas por hematita, ocupando uma superfície de aproximadamente 1.500m2, mas podendo se estender, uma vez que não se tem uma configuração em sub-superficie. Esta fase de sulfetação precedendo a fase óxido parece indicar alta atividade de enxofre reduzido, comum a soluções hidrotermais de alta temperaturas associadas às rochas graníticas; A hematitização representa uma das principais fases de alteração hidrotermal, bem como uma das mais tardias, pois se superpõe as demais fases de alterações anteriores. É marcada por microvenulações de hematita tardia, que evolui para uma brecha hematítica maciça, similar a um filão, com largura da ordem de 10m e comprimento em torno de 200m. O conjunto dessas brechas hidrotermalizadas se desenvolve ao longo de zona de cisalhamento dúctil-frágil de direção NE-SW que ocorre pararela a superficie axial da mega dobra da parte central da folha Pio-IX. Entretanto, estas brechas podem ser encontradas também na região ao longo de falhas sinistrais de direção NW-SE.
Abstract: The region of Croatá lies in the SE portion of the sheet Pio-IX (SB.24-YA-VI), and has one of the main ore mineral occurrences of the sheet. The host rock to mineralization corresponds to alkali-feldspar granite, pink, with medium to coarse grained, which is found strongly brecciated and hydrothermally altered. These alterations are represented by changes both in texture, color, and the mineralogical and chemical composition of the host rock. Among the changes is to potassic, propyl, hematite and sulfides, which must be passed between them is progressive. The potassic alteration is characterized by formation of potassium feldspar that occurs disseminated and banded and/or shafts that represents the initial stage of hydrothermal alteration, amendment propyl is predominantly shaped by alteration epidote for to feldspar that occur disseminated and in veins, reflecting a more advanced stage of hydrothermal alteration; in tarnishing the rock is composed mainly ofpyrite occurs disseminated and in veins in millimetric to centimetric stockworks standard type, with the gaps and feldspar granite is cut by fractures filled with hematite, occupying an area of approximately 1500 meters but may be extended, since it has a setting in sub-surface. This phase precedes the tarnishing oxide phase seems to indicate high activity of reduced sulfur, hydrothermal solutions common to high temperatures associated with granitic rocks; The hematitic is represents one of the main stages of hydrothermal alteration, as well as one of the latest, since it overlaps the other phases of amendments. It is marked by microvenules late hematite, which evolves into a massive gap hematite, similar to a veie with a width of about 10m and a length about 200m. All these loopholes hydrothermalized develops along the zone of brittle-ductile shear of NE-SW direction which occurs pararei the axial surface of the mega-fold of the central part of the leaf - Pio-IX. However, these gaps can also be found in the region along sinistrai faults in a NW-SE.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42065
Appears in Collections:GEOLOGIA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_tcc_lrbcarvalho.pdf124,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.