Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42146
Title in Portuguese: Parâmetros genéticos, fenotípicos e coeficiente de caminhamento em duas populações de milho (Zea mays L.)
Author: Nascimento, Marta Maria Amâncio do
Advisor(s): Mamede, Francisco Berilo Façanha
Keywords: Fitotecnia
Milho
Issue Date: 1996
Citation: NASCIMENTO, Marta Maria Amâncio do. Parâmetros genéticos, fenotípicos e coeficiente de caminhamento em duas populações de milho (Zea mays L.). 1996. 97 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 1996.
Abstract in Portuguese: O objetivo da pesquisa foi estudar o potencial genético de duas populações de milho, estimando-se parâmetros genéticos e fenotípicos em caracteres de importância para o melhoramento da cultura. As populações EPACE-M-21 de grãos amarelos e CMS-451 de grãos brancos, foram semeados em agosto de 1994 em Pentecoste, no Estado do Ceara, em um delineamento látice simples 10 x 10, originaram 200 progênies, 100 para cada população em dois latices simples 10 X 10 com duas repetições. Posteriormente pelo método de seleção entre e dentro de progênies de meios-irmãos, foram selecionadas 20% do material. Os dados de produção, representados pelo peso de espigas despalhadas (PE), ao nível de plantas individuais, em (g/pl), altura da planta (AP), altura da espiga (AE), comprimento de espiga (CE), diâmetro de espiga (DE), peso de grãos por espiga (PG), número de grãos por espiga (NG) e peso médio de 100 sementes (PMS) foram mensurados em 20 progênies de cada população, após serem selecionadas. Os coeficientes de variação experimental (CV) de uma maneira geral, foram consideradas relativamente altos, devido a fatores ambientais que interferiram no que se refere a precisão do ensaio. Para a maioria dos caracteres as correlações apresentaram-se altamente significativas e positivas. Os coeficientes de variação genética (CVg) foram considerados bons, indicando variabilidade genética, com exceção para o caráter diâmetro de espiga. Os coeficientes de herdabilidade no sentido restrito à nível de plantas(h2) nas duas populações se mostraram altos para altura de espiga, comprimento de espiga, seguido do peso de espiga despalhada. As estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos foram obtidos a nível de plantas individuais para os caracteres estudados. Pode-se observar que a variância genética entre progênies de meios-irmãos (o2g) e a variância genética aditiva (o2 a) foram superiores para os caracteres peso de espiga despalhada e número de grãos na espiga. Os ganhos genéticos esperados (Gg) em valor absoluto e em percentagem de média foram comparados para todos os caracteres, obtidos para as duas populações conjuntamente. Detectou-se que o esquema de seleção massal apresentou ganhos genéticos superiores em relação ao esquema de seleção de progênies de meios-irmãos. Através de análises de regressão multilinear foram obtidos os efeitos direto e indireto dos caracteres sobre o peso de espiga despalhada, considerada variável dependente. Para as duas populações, pode-se verificar que o número de grãos na espiga apresentou os mais altos valores dos efeitos sobre o peso de espiga despalhada. Com relação aos efeitos indiretos, os valores mais altos foram encontrados nos caracteres comprimento de espiga (CMS-451) e número de grãos na espiga (EPACE M-21).
Abstract: Two maize populations were evaluated in respect to their genetic potential for breeding improved lines for yield and yield components through selection. The two populations identified as EPACE-M-21 described as yellow-dented and CMS-451 as a white-dented grain, were experimentally grown at the Federal University of Ceará Experimental Farm, in Pentecoste, Ceará, Brazil. For each population 100 random select progenies were sown under irrigation in August 1994 in a square 10 x10 lattice design. At harvesting, a random sample of 20 progenies was taken from each population experiment. Each of the 20 progenies was measured for: ear weight, diameter and length, height, ear insection height from the ground, grain weight and number per ear and average weight per 100 seeds. Simple correlation coefficients among the great majority of the characters investigated were found to be highly significative. Genetic coefficients of variation were also high indicating enough genetic variabillity for a successful improvement through selection for most traits in both populations. Components of additive genetic variances were higher for ear weight and number of grains per ear. Estimates of strict sense heritabilliy coefficients were higher for ear height, ear length and ear weight. Expected genetic advances expressed as percent of the mean per generation of mass selection were found to be higher than those expected for selection within half sib progenies. Path analysis applied to a causal system in which ear weight was the dependent variable showed that among all independent variables the number of grains per ear was the one that yielded the highest direct and indirect path coefficients with the dependent variable. Experimental precision as measured by the coefficients of variation were relativery low for all studied traits. This was taken as being due to environmental circunstances such as lack of uniformity of the irrigation process and other cultural pratices.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42146
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1996_dis_mmanascimento.pdf47,96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.