Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42584
Title in Portuguese: Gradiente tectônico da porção sudeste de Ibaretama e adjacências, província Borborema, Ceará
Author: Ximenes, Dillano Rodrigues Bastos
Sousa, Herdivânia Pires de
Advisor(s): Magini, Christiano
Co-advisor(s): Mattos, Irani Clezar
Keywords: Província Borborema
Diagrama de Flinn
Grau de Deformação
Zona de Cisalhamento Senador Pompeu
Issue Date: 2013
Citation: XIMENES, Dillano Rodrigues Bastos; SOUSA, Herdivânia Pires de. Gradiente tectônico da porção sudeste de Ibaretama e adjacências, província Borborema, Ceará. 2013. Monografia (Graduação em Geologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.
Abstract in Portuguese: O mapeamento geológico estrutural teve objetivo de caracterizar o grau de deformação com a aplicação do Diagrama de Flinn. O estudo está inserido nos municípios de Ibaretama, Ibicuitinga, Morada Nova e Quixadá na região central do Ceará, no contexto geotectônico Pré-Cambriano da Província da Borborema. A poligonal possui 100km2, mapeada em escala de 1:50.000, que se insere nos Domínios Rio Grande do Norte e Ceará Central. O Complexo Jaguaretama e Unidade Acopiara do Domínio Rio Grande do Norte apresentam gnaisses graníticos, biotita gnaisses orto e paraderivados e ocorrências de manganês. A Faixa Orós é composta por sillimanita quartzito intercalado a xistos aluminosos. A Unidade Canindé do Domínio Ceará Central possui biotita a granada gnaisses, com porções migmatizadas, paraderivados. Os Granitos Brasilianos são sienogranitos com ou sem milonitização. O metamorfismo na área, ocorreu de forma progressiva nas unidades até o fácies anfibolito, o que formou a associação mineral da zona da granada nas unidades Jaguaretama, Acopiara e Canindé e da zona da sillimanita na Faixa Orós, o Granito foi a única unidade não afetada por esse metamorfismo. Ocorre também uma fase de menor grau de origem não conhecida que forma minerais do fácies xisto verde, como clorita e muscovita. A orogenia Brasiliana gerou as Zonas de Cisalhamento Transcorrente Dextrais Senador Pompeu e Orós, que intersectam a área e atualmente deixa impressa trend Nordeste de foliação (Sn+1) em todas as unidades mapeadas. Em laboratório foram analisadas os diferentes níveis de deformação, interpretadas em dez amostras orientadas com auxílio de secções delgadas e softwares, baseadas no Diagrama de Flinn. De maneira geral, a deformação resultou em achatamento, dado obtido em seis amostras distribuídas fora das interseção das duas zonas. Nota-se que as rochas que imprimiram resposta constrictiva, encontram-se em zonas que o cisalhamento simples gerou a movimentação entre os blocos.
Abstract: The structural geological mapping has characterized the degree of deformation with the application of the Flinn's diagram. The study is inserted in Ibaretama, Ibicuitinga, Morada Nova and Quixadá in Ceará, in the context Precambrian of the Borborema Province. The area has 100km 2, mapped on 1:50,000 scale, which to be in the Rio Grande do Norte and Ceará Central Domains. Granitic gneisses, biotite gneisses ortho and paraderivados with manganese occurrences represent the Jaguaretama Complex and Acopiara Unit, of the Rio Grande do Norte Domain. The Orós Belt consists of quartzite sillimanite intercalated with aluminous schists. Canindé Unit, of the Ceará Central Domain has biotite garnet gneisses, with portions migmatized, paraderivados. The Brasilianos granites are syenogranites with or without mylonitization. The metamorphism in the area, occurred progressively in the amphibolite facies, which formed the mineral association of zone grenade in the Jaguaretama Complex, Acopiara and Canindé Units and sillimanite zone in the Orós Belt, the gravite was the only unit unaffected by this metamorphism. Also occurred phase of low grade, of the greenschist facies, with minerais such as chlorite and muscovite. The Brasiliano orogeny generated the dextral transcurrent Senador Pompeu and Orós shear zones, that intersect the area and currently have northeast trend of foliation (Sn +1). Laboratory Analysis of the samples expressed leveis different of deformation. In ten samples oriented, based on the Flinn diagram, in general, resulted in flattening deformation, as obtained in six samples distributed outside the intersection of the two shear zones. Note that the constrictive response printed rocks, found in the shear zone generated simple movement between the blocks.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/42584
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:GEOLOGIA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_tcc_drbximenes.pdf125,97 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.