Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43930
Title in Portuguese: Efeito antidepressivo do (-)-α-bisabolol em camundongos C57BL/6 submetidos a um modelo de estresse crônico imprevisível
Title: Antidepressive effect of (-)-α-bisabolol in C57BL/6 mices submitted a model of chronic stress unprevisible
Author: Rebouças, Manoela de Oliveira
Advisor(s): Sousa, Francisca Cléa Florenço de
Keywords: Estresse
Antidepressivos
Depressão
Issue Date: 19-Jul-2019
Citation: REBOUÇAS, M. O. Efeito antidepressivo do (-)-α-Bisabolol em camundongos C57BL/6 submetidos a um modelo de estresse crônico imprevisível. 2019. 70 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, 2019.
Abstract in Portuguese: A depressão é uma doença incapacitante que acomete cerca de 300 milhões de pessoas no mundo. É caracterizada por sintomas de humor deprimido, sentimento de isolamento e culpa, e pode levar o indivíduo ao suicídio. A sua causa não está completamente elucidada, entretanto, existem algumas hipóteses que justificam seus sintomas, como por exemplo a neuroendócrina e a inflamatória. Existe um modelo, já caracterizado, denominado estresse crônico imprevisível (ECI), que é utilizado para a indução ao comportamento depressivo, em animais, através de estressores ambientais. O tratamento mais utilizado para a depressão consiste na farmacoterapia com antidepressivos. Porém, ainda existe resistência a adesão devido aos efeitos adversos, assim como o longo período de latência para o efeito terapêutico. Dessa forma, torna-se interessante a investigação de novos compostos com potencial antidepressivo. O (-)-α-bisabolol (BIS) é um álcool sesquiterpênico, que apresenta caráter lipofílico e atividades biológicas elucidadas como anti-inflamatória, antiespasmódica e neuroprotetora. A fim de reduzir as limitações da terapia convencional, busca-se verificar a atividade antidepressiva de muitos compostos isolados, como o BIS. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito antidepressivo do (-)-α-bisabolol em camundongos C57BL/6 submetidos a um modelo de estresse crônico imprevisível (ECI). Para tanto, o modelo consistiu em um protocolo experimental de 28 dias, no qual os animais (n=6-8), exceto grupo controle, foram submetidos a estressores ambientais, de forma aleatória, para garantia da imprevisibilidade. A partir do 15º dia, os grupos experimentais receberam por via oral: veículo (salina + Tween 80® a 3%), (-)-α-bisabolol nas doses de 25 ou 50 mg/kg, ou Fluoxetina 10 mg/kg, como droga de referência. Ao término do protocolo de tratamento, os animais foram submetidos aos testes comportamentais: para avaliar a atividade locomotora (Teste do Campo Aberto), para o efeito antidepressivo (Teste do Nado Forçado – TNF), Teste da Suspensão da Cauda – TSC) e Teste de preferência pela solução de sacarose), para verificar o efeito ansiolítico (Teste de Placa Perfurada – PP), Teste do Labirinto em cruz elevado – LCE) e para avaliar a memória de curto prazo (Teste do labirinto em Y). Após 60 minutos dos testes comportamentais, os animais foram eutanasiados por decapitação, e as áreas cerebrais (hipocampo e córtex pré-frontal) foram dissecadas e investigada a ação do BIS quanto ao estresse oxidativo, e quanto à parâmetros inflamatórios. Os resultados mostraram que o BIS possui efeito antidepressivo, ansiolítico e na memória de curto prazo nas doses de 25mg/kg e 50mg/kg, sem alterar a atividade locomotora, portanto, nestas doses, não apresenta efeito relaxante nem psicoestimulante. Na dose de 50mg/kg, o BIS foi capaz de reduzir os níveis de malondialdeído (MDA) no hipocampo e reduzir os níveis de nitrato/nitrito no córtex pré-frontal, demonstrando seu efeito antioxidante. O modelo do ECI aumentou os níveis das citocinas inflamatórias testadas (IL-1β e TNF-α), entretanto, o (-)-α-bisabolol não reduziu. Os resultados inéditos demonstram que o (-)-α-bisabolol possui efeito antidepressivo, ansiolítico e de proteção à memória de curto prazo. É interessante que posteriormente sejam investigados outros mecanismos de ação para o efeito antidepressivo do (-)-α-bisabolol.
Abstract: Depression is a crippling disease that affects about 300 million people worldwide. It is characterized by symptoms of depressed mood, guilt and guilt, and can lead the individual to suicide. Its cause is not completely elucidated, however, there have been some hypotheses that justify its symptoms, such as a neuroendocrine and an infliction. There is a model, already characterized, called chronic unpredictable stress (CUS), which is used to induce depressive behavior in animals through environmental stressors. The most used treatment for evolution consists of pharmacotherapy with antidepressants. However, there is still resistance due to adverse effects, as well as the long latency period for the therapeutic effect. Thus, it is interesting to investigate new compounds with antidepressant potential. O (-)- α-bisabolol (BIS) is a sesquiterpene alcohol, which presents lipophilic and bioactive to the activities elucidated as anti-inflammatory, antispasmodic and neuroprotective. In order to reduce the pressure of conventional therapy, an antidepressant activity such as resistance of therapy, such as BIS, is sought. The objective of this work was to evaluate the antidepressant effect of (-)- α-bisabolol in C57BL / 6 mice with an unpredictable chronic stress model (ECI). The standard consisted in the experimental protocol of 28 days, for non-animals (n = 6-8), has been a rare environmental form, and the random species, for Guarness of unpredictability. From the 15th day oral groups: vehicle (saline + 3% Tween 80®), (-)-α-bisabolol at doses of 25 or 50 mg / kg, or Fluoxetine 10 mg / kg, as reference drug. To evaluate the locomotor activity, Forced Swim Test (TNF), TSC Suspension Test and Precision Test for sucrose solution), to perform the performance check anxiolytic (Labyrinth in Motion Test - LCE) and to evaluate pleasure memory (Y-labyrinth test). After 60 minutes of behavioral tests, the animals were euthanized by decapitation, and as brain areas (hippocampus and prefrontal cortex) were dissected and investigated the action of BIS on oxidative stress, and on the inflammatory senses. The results obtained with BIS have an antidepressant, anxiolytic and short-term effect in the dosages of 25mg / kg and 50mg / kg, and they weren’t submitted to locomotor activity, therefore, they presented doses, but not having a relaxing effect nor psychostimulant. At 50 mg / kg, BIS was able to reduce the levels of malondialdehyde (MDA) and hippocampus and reduce nitrate/nitrite levels in the prefrontal cortex, demonstrating its antioxidant effect. The ECI model increased the levels of the untested cytokines (IL-1β and TNF-α), however, (-) - α-bisabolol did not reduce. The results show that (-) - α-bisabolol has an antidepressant, anxiolytic and short-term memory protection effect. Other mechanisms of action for the antidepressant effect of (-) - α-bisabolol are of interest.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/43930
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_morebouças.pdf2,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.