Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4542
Título: Aspectos politicos da crise do modelo agro-exportador e as relações de classe no Brasil
Autor(es): PINTO, Agerson Tabosa
Palavras-chave: Agricultura - exportação
Agronegócio - exportação
Exportação - Brasil
Classes sociais - Brasil
Propriedade rural - Brasil
Data do documento: 1972
Editor: http://www.rcs.ufc.br/edicoes
Citação: PINTO, A. T. (1972)
Resumo: Nesta dissertação, como o seu próprio título anuncia, estaremos tratando simultâneamente de Política, Economia e Sociologia. São as relações de classe, tema sociológico fundamental, examinadas numa fase <la Economia brasileira, em suas relações com as variáveis políticas. Se relacionar temas tão complexos, como este, é por si difícil, mais difícil ainda é acompanhar esse relacionamento ao longo de quase um século, pois a crise do modelo agro-exportador se inicia pelos meados do século XIX, prolongando-se até 1930, quando começa a fase da industrialização por substituição de importações. Claro que variáveis outras que não somente a política influíram na caracterização do modelo e de sua crise. A limitação aos aspectos políticos teve por objetivo ensejar uma abordagem mais cuidadosa do assunto. Com estudos, no mesmo nível, de outros aspectos do tema, estaremos nos habilitando o compreender melhor essa fase da vida política e econômica do Brasil.
Descrição: PINTO, Agerson Tabosa. Aspectos politicos da crise do modelo agro-exportador e as relações de classe no Brasil. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 3, n. 2, p. 124-146, 1972.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/4542
ISSN: 0041-8862
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1972_art_ATPinto.pdf2,93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.