Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50763
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSaboia, Vicente de Paulo Aragão-
dc.contributor.authorRolim, Deborah Cavalcante Magalhães-
dc.date.accessioned2020-03-17T10:59:58Z-
dc.date.available2020-03-17T10:59:58Z-
dc.date.issued2020-01-29-
dc.identifier.citationROLIM, D. C. M. Incorporação de agentes de ligação cruzada em sistemas adesivos aplicados em dentina afetada por cárie. 2020. 89 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50763-
dc.description.abstractCaries-affected dentin (CAD) is a substrate widely found in clinical practice and in which there is a greater difficulty in adherence and higher rate of degradation. Natural crosslinking agents, such as proanthocyanidin (PA) and epigallocatechin-3-gallate (EGCG), have been researched for positive effects on mechanical properties and structuralstability of sound dentin (SD) overtime. In the first chapter, a systematic review of in vitro studies was conducted about the effect of crosslinking agents applied on carious dentin in the mechanical properties of this tissue and the maintenance of the resin-dentin interface integrity. The search strategies were used in 5 databases, obtaining 594 articles, of which 11 were included in the systematic review. All articles had a medium risk of bias. Controversies have been found in the literature regarding the long-term effect of the agents because there is no standardization in the studies regarding the mode/time of application nor the concentration employed. In the second chapter, an in vitro study, 96 selected healthy human third molars were divided into groups defined according to the following criteria: sound dentin or caries-affected dentin induced by microcosm biofilm model; Ambar Universal adhesive or Clearfil SE Bond adhesive; adhesive application with no incorporation of crosslinking agents or application with 1% PA or 1% EGCG (n = 8). After adhesive application, composite resin restoration was constructed incrementally and the teeth were sectioned for the microtensile test (μTBS). The sticks in each group were subdivided into two subgroups: 24-hours test and test after 12 months of storage in distilled water. The bond strength, fracture pattern and the number of premature fractures of the specimens were then observed. Three random sticks per group were selected for nanoinfiltration (NL) analysis. Two slices of the 24-hours CAD groups, as well as two slices of the sound control groups of the two adhesives used, were chosen for the in situ zymography test of the resin-dentin interface. Data were evaluated according to the statistical one-way ANOVA test and Bonferroni post-hoc test (p ˂ 0.05). No group showed a statistical difference in the comparison at different times (24 h x 12 M) regardless of the type of dentin. When applied to CAD, the incorporation of PA or EGCG showed no effect on bond strength, regardless of the evaluation time and the adhesive used (p> 0.05). The Ambar - PA group was the only group that showed a decrease in enzymatic activation and showed maintenance of the bond strength when the comparison between CAD x SD was made after 12 M (p = 0.451). The fracture pattern showed a high predominance of adhesive/mixed failures. All groups exhibit silver nitrate deposits along with the bonding interface. The effect of incorporating crosslinking agents depends on the adhesive used and the substrate type. The incorporation of PA in Ambar Universal adhesive maintained the bond strength values and also showed a decrease in enzymatic activity in CAD, which was not observed in EGCG.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectInibidores de Metaloproteinases de Matrizpt_BR
dc.subjectProantocianidinaspt_BR
dc.subjectCárie Dentáriapt_BR
dc.titleIncorporação de agentes de ligação cruzada em sistemas adesivos aplicados em dentina afetada por cáriept_BR
dc.typeTesept_BR
dc.description.abstract-ptbrA dentina cariada (DC) é um substrato usualmente encontrado na prática clínica, em que há maior dificuldade para adesão e maior taxa de degradação. Agentes de ligação cruzada naturais como a proantocianidina (PA) e epigalocatequina-3-galato (EGCG), têm mostrado efeitos positivos nas propriedades mecânicas e estabilidade estrutural da dentina sadia (DS) em longo prazo. No primeiro capítulo da presente tese, foi realizada uma revisão sistemática de estudos in vitro acerca do efeito de agentes de ligação cruzada aplicados em dentina cariada nas propriedades mecânicas desse tecido e na manutenção da integridade da interface adesiva. As estratégias de buscas foram utilizadas em cinco bases de dados, obtendo 594 artigos, dos quais 11 foram incluídos na revisão sistemática. Todos os artigos apresentaram risco médio de viés. Controvérsias foram encontradas quanto ao efeito em longo prazo dos agentes devido a não haver uma padronização nos estudos em relação ao modo/tempo de aplicação e concentração empregada. No segundo capítulo, um estudo laboratorial, foram selecionados 96 terceiros molares humanos hígidos, distribuídos em grupos definidos de acordo com os seguintes critérios: dentina hígida ou dentina afetada por cárie induzida por modelo de biofilme microcosmo; adesivo Ambar Universal ou adesivo Clearfil SE Bond; aplicação de adesivo sem incorporação de agentes de ligação cruzada ou incorporados com PA 1% ou EGCG 1% (n=8). Após a aplicação do adesivo, foram construídos platôs de resina composta, e os dentes foram seccionados para o teste de microtração (μTBS). Os palitos de cada grupo foram subdivididos em dois subgrupos: teste após 24 horas ou teste após 12 meses de armazenamento em água destilada. Foram observados, então, a resistência de união, o padrão de fratura e o número de fraturas prematuras dos espécimes. Três palitos aleatórios por grupo foram selecionados para análise de nanoinfiltração (NL). Duas fatias dos grupos cariados – 24 horas, e duas dos grupos controle dos dois adesivos utilizados foram escolhidas para o teste de zimografia in situ da interface resina-dentina. Os dados foram submetidos ao teste estatístico ANOVA um fator e post-hoc de Bonferroni (p ˂ 0,05). Nenhum grupo apresentou diferença estatística em diferentes momentos (24 h x 12 M), independentemente do tipo de dentina. Quando aplicada à DC, a incorporação de PA ou EGCG não mostrou efeito na resistência de união, independentemente do tempo de avaliação e do adesivo (p> 0,05). O grupo Ambar - PA foi o único que apresentou aparente diminuição da atividade enzimática e manteve os valores de resistência de união quando a comparação entre DC x DS foi feita após 12 M (p = 0,451). O padrão de fratura mostrou predominância de falhas adesivas / mistas. Todos os grupos exibiram depósitos de nitrato de prata na interface de união. O efeito da incorporação de agentes de ligação cruzada depende do adesivo utilizado e do tipo de substrato. A incorporação de PA no adesivo Ambar Universal manteve os valores de resistência de união e também mostrou uma diminuição da atividade enzimática na DC, o que não foi observado no EGCG.pt_BR
Appears in Collections:DCOD - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_dcmrolim.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.