Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50785
Title in Portuguese: Análise espacial e temporal da Chikungunya no estado do Ceará nos anos de 2016 e 2017
Author: Barbosa, Rebeca Bandeira
Advisor(s): Alencar, Carlos Henrique Morais de
Co-advisor(s): Cavalcanti, Luciano Pamplona de Góes
Keywords: Vírus Chikungunya
Epidemiologia
Análise Espacial
Saúde Pública
Issue Date: 28-Aug-2019
Citation: BARBOSA, R. B. Análise espacial e temporal da Chikungunya no estado do Ceará nos anos de 2016 e 2017. 2019. 92 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: INTRODUÇÃO: a Chikungunya é uma arbovirose causado por um alfavirus que pertence à família Togaviridae. A característica principal da doença é a artralgia severa e incapacitante presente nos pacientes acometidos. Alguns fatores podem levar à cronificação da mesma. Ela foi relatada pela primeira vez no ano de 1952 na Tanzânia, África. E desde então houve epidemias espalhadas em vários países. Em 2010, no Brasil, foram registrados os primeiros casos importados de Chikungunya e em 2014 surgiram os primeiros casos autóctones. A partir de então se espalhou de forma explosiva pelo país, tendo maior concentração de casos na região Nordeste. No Ceará nos anos de 2016 e 2017 foram registrados mais de 102.000 casos confirmados de Chikungunya. Como ferramenta para observar e analisar a distribuição espacial e a tendência temporal de eventos o Geoprocessamento, os Sistemas de Informação Geográfica e a Estatística Espacial são utilizados, a fim de detectar possíveis padrões de comportamento espacial e temporal desses eventos. OBJETIVO: caracterizar os padrões espaciais e temporais da Chikungunya no estado do Ceará nos anos de 2016 e 2017. MÉTODO: o estudo possui duas etapas. A primeira etapa consistiu na análise da tendência temporal dos casos de Chikungunya, onde foram calculados os coeficientes semanais de incidência. Nesse modelo, a incidência semanal foi considerada como a variável dependente, sendo as semanas epidemiológicas consideradas as varáveis independentes, possibilitando a identificação do melhor ajuste entre os pontos. Para essa análise foi utilizado Modelo de Regressão de Poisson no Joinpoint Regression Program. A segunda etapa consistiu na análise da distribuição espacial da incidência de chikungunya no Ceará. Para esta análise foi utilizado o software Terraview® e a visualização dos mapas foi realizada no ArcGIS®. A suavização dos indicadores foi realizada por meio do Índice de Moran (I) e verificação da autocorrelação espacial. RESULTADOS: Houve concentração de casos, com picos da doença, nas semanas epidemiológicas 5 a 25 e, após esse período, houve uma redução. Foram evidenciados os padrões da distribuição espacial e identificadas agregados espaciais de municípios de alta frequência para o coeficiente de incidência de casos confirmados de chikungunya no estado do Ceará nas epidemias de 2016 e 2017. CONCLUSÃO: Os casos, nas duas ondas epidêmicas, tiveram distribuição em todo o estado do Ceará de forma heterogenia evidenciando que em todo o estado havia condições favoráveis para a transmissão da doença e uma população susceptível à chikungunya.
Abstract: Chikungunya is an arbovirus caused by an alfavirus belonging to the Togaviridae family. The main characteristic of the disease is the severe and disabling arthralgia present in the affected patients. Some factors may lead to its chronification. It was first reported in the year 1952 in Tanzania, Africa. And since then there have been epidemics spread in many countries. In 2010 in Brazil the first cases imported from Chikungunya were registered and in 2014 the first indigenous cases arose. Since then it has spread explosively throughout the country, with a higher concentration of cases in the Northeast. In Ceará in 2016 and 2017 were recorded more than 102,000 confirmed cases of Chikungunya. As a tool to observe and analyze the spatial distribution and temporal trend of events, Geoprocessing, Geographic Information Systems and Spatial Statistics are used in order to detect possible patterns of spatial and temporal behavior of these events. OBJECTIVE: To characterize the spatial and temporal patterns of Chikungunya in the state of Ceará in 2016 and 2017. METHOD: The study has two stages. The first stage consisted of analyzing the temporal trend of Chikungunya cases, which calculated the weekly incidence coefficients of the cases, which were considered as dependent variables, and the epidemiological weeks were considered the independent variables, allowing the identification of the best fit between the points. For this analysis we used Poisson Regression Model in the Joinpoint Regression Program. The second stage consisted of analyzing the spatial distribution of the incidence of chikungunya in Ceará. Terraview® will be used for this analysis and map visualization was performed in ArcGIS®. The smoothing of the indicators was performed through the Moran Index (I) and verification of spatial autocorrelation. RESULTS: There was a concentration of cases with peaks in the epidemiological weeks 5 to 25 and, after this period, there was a reduction. Spatial distribution patterns were evidenced and spatial aggregates from high frequency municipalities were identified for the incidence rate of confirmed cases of chikungunya in the state of Ceará in the 2016 and 2017 epidemics. CONCLUSION: The cases, in both epidemic waves, were distributed in heterogeneously throughout the state of Ceará, evidencing that throughout the state there are favorable conditions for the incidence of cases and a population susceptible to chikungunya.
Description: BARBOSA, R. B. Análise espacial e temporal da Chikungunya no estado do Ceará nos anos de 2016 e 2017. 2019. 92 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/50785
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_dis_rbbarbosa.pdf3,73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.