Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5142
Título: Análise da qualidade de vida e do sesenvolvimento humano das famílias das bordadeiras de Itapajé-CE
Autor(es): Filgueiras, Araguacy Paixão Almeida
Carvalho, Rosemeiry Melo
Casimiro Filho, Francisco
Palavras-chave: Artesanato
Moda
Aspectos sócioeconômicos
Desenvolvimento humano
Qualidade de vida
Data do documento: 2006
Editor: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural - SOBER, 44
Citação: FILGUEIRAS, A. P. A. ; CARVALHO, R. M. ; CASIMIRO FILHO, F. (2006)
Resumo: A produção do artesanato pode ser questionada em virtude do crescimento acelerado da industrialização. Para alguns autores as características do mesmo vêm sofrendo, ao longo do tempo, alterações na sua apresentação em virtude da concorrência com produtos industrializados. Porém, convém ressaltar que o artesanato pode se tornar competitivo em relação ao similar industrializado por apresentar personalização de suas peças, bem como aspectos artísticos e culturais intrínsecos a sua concepção e produção. Todavia, percebe-se, ainda, algumas disparidades do artesanato diante das inovações tecnológicas e das exigências do mercado consumidor, tendo em vista, as incipientes formas de criação, de produção, de administração e de comercialização. Tendo em vista a relação – artesanato, moda, economia e cultura –, o presente estudo analisa os aspectos socioeconômicos do artesanato em comunidade rural do estado do Ceará, enfocando a qualidade de vida e o desenvolvimento humano das famílias envolvidas. A comunidade de Itapajé foi escolhida como objeto deste estudo por ser um local tradicional em bordados, que vem tentando explorar todas as potencialidades de inserção no mercado de forma a melhorar seu contexto socioeconômico. Assim, pretendeu- se analisar a importância do artesanato como elemento propulsor na produção tanto sob os aspectos da preservação da cultura popular, da mão-de-obra utilizada, como também o fator econômico que favorece as unidades produtoras, calculando-se os índices de qualidade de vida -IQV e de desenvolvimento humano –IDH. Tendo em conta o contexto no qual a pesquisa foi realizada, seus resultados podem fornecer parâmetros para os Projetos de Qualificação e Melhoria do Artesanato Cearense, que poderão ser implementados por Instituições como CEART, SEBRAE-CE, SETE – Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo do Estado, Prefeitura Municipal e outras políticas públicas.
Descrição: FILGUEIRAS, Araguacy Paixão Almeida; CARVALHO, Rosemeiry Melo; CASIMIRO FILHO, Francisco. Análise da qualidade de vida e do desenvolvimento humano das famílias das bordadeiras de Itapajé-CE. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL - SOBER, 44., Fortaleza, 2006
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5142
ISSN: 0103-2003
1806-9479
Aparece nas coleções:DEA - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_eve_fcasimirofilho.pdf172,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.