Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5200
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPaiva, Wítalo de Lima-
dc.contributor.authorKhan, Ahmad Saeed-
dc.date.accessioned2013-07-02T18:15:21Z-
dc.date.available2013-07-02T18:15:21Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.citationPAIVA, Wítalo de Lima; KHAN, Ahmad Saeed. Dependência espacial e emprego formal: O que é possível afirmar para indústria cearense? IPECE, Fortaleza, p. 1-20, 2011.pt_BR
dc.identifier.issn1983-4969-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5200-
dc.description.abstractThe main objective of this study was to evaluate the presence of spatial dependence in the stock of formal employment in the industrial sector of Ceará in 1997 and 2007. Search is thus identify their spatial spillovers between municipalities and thus realize the contributions of sector to reverse the inequalities between the regions of Ceará. It was used the Exploratory Spatial Data Analysis (ESDA) with emphasis on use of statistics of spatial autocorrelation Moran's I and Moran Local, and thematic maps. The results indicate that the industry showed the indices of spatial remain low, while growing, and show a limited capacity to overflow. This limitation hampers the development of activity, and reduce the positive effects that these activities can exert on the growth of the formal labor market, labor supply and income, and hence the process of economic development of regions of Ceará, and restrict these effects to a few areas of the state. A policy of territorial qualification and redesign of the mechanisms of tax incentives could help reverse this situation.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherIPECEpt_BR
dc.subjectEmpregopt_BR
dc.subjectDependência espacialpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento regionalpt_BR
dc.subjectCearápt_BR
dc.titleDependência Espacial e Emprego Formal: o que é possível afirmar para a industria cearense?pt_BR
dc.typeCapítulo de Livropt_BR
dc.description.abstract-ptbrO objetivo principal do estudo foi avaliar a presença de dependência espacial no estoque de emprego formal no setor industrial cearense nos anos de 1997 e 2007. Busca-se, assim, identificar seus transbordamentos espaciais entre os municípios e desta forma perceber as contribuições do setor para reverter as desigualdades entre as regiões cearenses. Para tanto se utilizou a Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE), ou Exploratory Spatial Data Analysis (ESDA), com destaque para utilização das estatísticas de autocorrelação espacial I de Moran e Moran Local, e de mapas temáticos. Os resultados indicam que o setor industrial apresenta índices de autocorrelação espacial crescentes mas ainda baixos que apontam para uma capacidade de transbordamento limitada. Deduz-se que tal limitação barra o desenvolvimento da própria atividade e acaba por reduzir os efeitos positivos que estas atividades podem exercer no crescimento do mercado formal de trabalho, na oferta de emprego e renda, e, consequentemente, no processo de desenvolvimento econômico das regiões cearenses, além de restringir tais efeitos a algumas poucas áreas do estado. Uma política de qualificação territorial e o redesenho dos mecanismos de concessão de incentivos fiscais hoje utilizados poderiam ajudar a reverter esta realidade.pt_BR
Appears in Collections:DEA - Capítulos de livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_capliv_wlpaiva.pdf292,83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.