Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53914
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLima, Luís Davi Alves-
dc.contributor.authorSilva Júnior, Célio Viana da-
dc.date.accessioned2020-09-10T12:38:55Z-
dc.date.available2020-09-10T12:38:55Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationSILVA JÚNIOR, Célio Viana da. A cachaça no brasil: origem, declínio cultural e revalorização. Artigo apresentado ao Curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará, em 2019, como requisito para obtenção do título de bacharel em Gastronomia.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/53914-
dc.description.abstractSugarcane liquor is a typical Brazilian drink. It is derived from sugar cane and the first record of its production dates from the colonial period. At that time, the drink was often used as a bargaining chip for the purchase of slaves, as well as to "domesticate" them. And because it was linked to slavery, for a long time, the drink was associated with drunkenness and marginalized because of its origin, although at the time much of the sugar planters' profits were due to the production of the drink. Thus, this work aims to present the production process of cachaça, as it happened to be a distilled drink, the challenges that the producers had over time, the types of production and the historical route of the drink; from the colonial period to the present day when the drink came to be valued not only in Brazil but also in other countries.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectGastronomiapt_BR
dc.subjectCachaçapt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.titleA cachaça no brasil: origem, declínio cultural e revalorizaçãopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.co-advisorXavier, Leandro Pinto-
dc.description.abstract-ptbrA cachaça é uma bebida típica do Brasil. É derivada da cana-de-açúcar e o primeiro registro de sua produção data do período colonial. Nesse período, a bebida era frequentemente usada como moeda de troca para a compra de escravos, bem como para “domesticar” os mesmos. E, por estar ligada à escravidão, por muito tempo, a cachaça foi associada à embriaguez e marginalizada, devido sua origem, embora, na época, uma parte dos lucros dos senhores de engenho fosse devido à produção da bebida. Assim, o presente trabalho visa apresentar como se deu o processo de produção da cachaça, como passou a ser uma bebida destilada, os desafios que os produtores tiveram ao longo do tempo, os tipos de produção e o percurso histórico da bebida; desde o período colonial até os dias de hoje em que a bebida passou a ser valorizada não só no Brasil, mas também em outros países.pt_BR
Appears in Collections:GASTRONOMIA - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_tcc_cvsilvajunior.pdf385,75 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.