Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/54031
Title in Portuguese: Fatores relacionados de conforto prejudicado em crianças e adolescentes com câncer
Author: Leandro, Tânia Alteniza
Co-advisor(s): Silva, Viviane Martins da
Keywords: Conforto do Paciente
Diagnóstico de Enfermagem
Neoplasias
Criança
Adolescente
Issue Date: 27-Feb-2020
Citation: LEANDRO, T. A. Fatores relacionados de conforto prejudicado em crianças e adolescentes com câncer. 2020. 8 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: Há situações clínicas em que a relação entre a exposição a um fator etiológico e o desenvolvimento de um diagnóstico de enfermagem não é facilmente reconhecível, especialmente quando essa resposta humana é complexa e subjetiva, como o diagnóstico Conforto prejudicado na população oncológica e pediátrica. Enfatiza-se que os profissionais de enfermagem devem atentar não exclusivamente para a manifestação dos sinais e sintomas de Conforto prejudicado, mas sim ter uma visão ampla para identificar os agentes causadores de tal resposta humana. Diante disso, o presente estudo tem como objetivo analisar os fatores relacionados do diagnóstico de enfermagem Conforto prejudicado em crianças e adolescentes com câncer. Trata-se de um estudo do tipo transversal realizado em um hospital terciário, referência no tratamento do câncer infantil na cidade de Fortaleza/Ceará. A população do estudo foi composta por 200 crianças e adolescentes com câncer que estavam em tratamento na unidade pediátrica de atendimento oncológico. Para obtenção de auxílio nas informações, foram construídos instrumentos de coleta de dados e protocolos com definições operacionais e conceituais dos indicadores clínicos e dos fatores relacionados. A coleta de dados foi realizada pela pesquisadora e bolsistas de iniciação científica, previamente treinadas. Os dados foram compilados em uma planilha do software Excel® (2010). A análise estatística se realizou com o apoio do programa estatístico IBM® SPSS® versão 21.0 for Windows® e do software R versão 3.2. A análise descritiva dos dados se deu pelo cálculo de frequências absolutas, percentuais, medidas de tendência central e de dispersão. O modelo de classe latente com efeitos randômicos ajustados foi utilizado para determinar o Conforto prejudicado e as medidas de sensibilidade e especificidade dos indicadores clínicos. Por fim, análise de regressão logística univariada para cada fator relacionado de Conforto prejudicado foi realizada. A pesquisa teve início mediante a anuência da instituição proponente e coparticipante, bem como a coleta de dados começou após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os tipos de cânceres mais prevalentes na população infantojuvenil foram as Leucemias. Os participantes eram, em sua maioria, do sexo masculino e apresentavam idade mediana de 11 anos. A principal modalidade terapêutica foi a quimioterapia. A manifestação dos indicadores Irritabilidade, Lamento, Ansiedade e Prurido esteve associada à elevada probabilidade de a criança ou adolescente apresentar o diagnóstico Conforto prejudicado. Os fatores relacionados deste diagnóstico em crianças e adolescentes com câncer que apresentaram elevada prevalência foram seis: Estímulos ambientais nocivos, 6 Controle situacional insuficiente, Recursos insuficientes, Regime de tratamento, Sintomas relacionados à doença e Controle ambiental insuficiente. Nesta pesquisa, as variáveis sexo feminino e menos dias de internação apresentaram relação estatisticamente significante com o diagnóstico Conforto prejudicado. Os resultados obtidos nesta investigação podem auxiliar a inferência diagnóstica mais acurada de Conforto prejudicado em crianças e adolescentes com câncer, bem como direcionar intervenções aos fatores relacionados modificáveis desencadeadores desse fenômeno, no intuito de evitar ou minimizar os sinais e sintomas do diagnóstico.
Abstract: There are clinical situations in which the relationship between exposure to an etiological factor and the development of a nursing diagnosis is not easily recognizable, especially when this human response is complex and subjective, such as the nursing diagnosis Impaired Comfort in the oncology and pediatric population. This is a cross-sectional study carried out in a tertiary hospital, reference in the treatment of childhood cancer in the city of FortalezaCeará. The study population consisted of 200 children and adolescents with cancer and undergoing treatment at the pediatric oncology unit. To assist in obtaining the information, we built data collection instruments and protocols with operational and conceptual definitions of the defining characteristics and related factors. Data collection was performed by the researcher and undergraduate students, previously trained. The data were compiled in an Excel® spreadsheet (2010). Statistical analysis was performed with the support of the IBM® SPSS® version 21.0 for Windows® statistical program and the R software version 3.2. The descriptive analysis of the data included the calculation of absolute frequencies, percentages, measures of central tendency and dispersion. The latent class model with adjusted random effects was used to determine impaired comfort and measures of sensitivity and specificity of defining characteristics. Finally, a univariate logistic regression analysis for the causal factors of Impaired Comfort was performed. The research was developed after the consent of the proposing and coparticipant institution, and the data collection was carried out after signing the consent form. The most prevalent types of cancers in the juvenile population were leukemias. The participants were mostly male and had a median age of 11 years. The main therapeutic modality was chemotherapy. The manifestation of the indicators Irritability, Regret, Anxiety and Pruritus was associated with the high probability of the child or adolescent presenting the diagnosis Impaired comfort. The related factors of this diagnosis in children and adolescents with cancer that had a high prevalence were six: Harmful environmental stimuli, Insufficient situational control, Insufficient resources, Treatment regimen, Disease-related symptoms and Insufficient environmental control. In this research, the variables female gender and fewer days of hospitalization showed a statistically significant relationship with the diagnosis Impaired comfort. The results obtained in this investigation can help the more accurate diagnostic inference of Impaired Comfort in children and adolescents with cancer as well as direct interventions to the related modifiable factors 8 that trigger this phenomenon in order to avoid or minimize the signs and symptoms of the diagnosis.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/54031
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tese_taleandro.pdf274,76 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.