Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5562
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlves, Ana Paula Negreiros Nunes-
dc.contributor.authorOliveira, Francisco Artur Forte-
dc.date.accessioned2013-08-06T11:57:23Z-
dc.date.available2013-08-06T11:57:23Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationFORTE, F. A. F. Análise molecular de bactérias orais na placa dental, saliva e válvula cardíaca de pacientes com doença cardiovascular. 2013. 51 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/5562-
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectValvas Cardíacaspt_BR
dc.subjectCárie Dentáriapt_BR
dc.subjectPeriodontitept_BR
dc.titleAnálise molecular de bactérias orais na placa dental saliva e válvula cardíaca de pacientes com doença cardiovascularpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrAo longo dos últimos anos, tem havido cada vez mais provas do efeito da saúde bucal sobre a saúde geral dos indivíduos, suportadas por uma série de estudos biológicos e epidemiológicos que mostram uma relação entre a boca e muitas doenças, incluindo as doenças cardiovasculares. Deficiências estruturais e anormalidades funcionais de válvulas cardíacas representam uma importante causa de morbidade e mortalidade cardiovascular no Brasil, e alguns defeitos foram recentemente associadas com agentes infecciosos. O objetivo deste estudo foi identificar as bactérias cariogênicas e periodontopatogênicas na placa dental, saliva e válvulas cardíacas, sem endocardite clínico de pacientes com doenças das valvas cardíacas, e correlacionar esses achados com o estado de saúde bucal dos pacientes. Exames orais utilizando o CPOD (dentes cariados, perdidos e obturados) e índices PSR (Registro Periodontal Simplificado) para avaliar a cárie ea doença periodontal, respectivamente, foram realizados. Amostras de placa dental supragengival e subgengival, saliva e as válvulas cardíacas foram avaliadas, por meio de Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo real, para a presença de DNA de Streptococcus mutans (S. mutans), Prevotella intermedia (P. intermedia), Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis ) e Treponema denticola (T. denticola). Um total de 114 amostras foram coletadas de 42 pacientes com idade média de 55,6 ± 13,8 anos. O número médio de dentes perdidos por cárie foi de 23,52 ± 9,41 dentes por paciente, e de acordo com a pontuação mais alta da doença periodontal observado para cada paciente, excluindo pacientes desdentados (44,0%), bolsas periodontais mais de 4 milímetros (43,4%) e cálculo dental (34,7%) foram detectados em um maior número de pacientes. A análise molecular das amostras orais revelou alta freqüência de S. mutans e P. intermedia em placas dentárias supragengival, placas dentárias subgengivais e saliva de pacientes dentados e desdentados (variação de 60,0% - 100,0%), enquanto que P. gingivalis e T. denticola foram detectadas em um menor número de amostras orais (variação de 17,6% - 64,0%). O microorganismo mais frequentemente detectados em amostras de válvulas cardíacas foi o S. mutans (89,3%), seguido por P. intermedia (19,1%), P. gingivalis (4,2%) e T. denticola (2,1%). Foi observada diferença significativa entre a freqüência de P. intermedia, P. gingivalis e T. denticola na válvula do coração e placa dentária, como oposed de S. mutans. A identificação de bactérias orais, especialmente de S. mutans, em válvulas cardíacas de pacientes com história prévia de cárie e gengivite / periodontite sugere o possível envolvimento desses patógenos na etiopatogenia de doenças das valvas cardíacas.pt_BR
Appears in Collections:DCOD - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_dis_fafoliveira.pdf8,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.