Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56310
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Edson Vicente da-
dc.contributor.authorCastro, Lígia Maria Silva Pereira-
dc.date.accessioned2021-02-03T13:46:35Z-
dc.date.available2021-02-03T13:46:35Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.citationCASTRO, Lígia Maria Silva Pereira. Paisagem e percepção ambiental: uma análise acerca das transformações antropogênicas no distrito do Pecém – São Gonçalo do Amarante (Ceará). 2021. 119 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56310-
dc.description.abstractThis research focuses on the district of Pécem, which has undergone a high level of socio-environmental change from the Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). The general objective of the research is to identify and analyze the environmental perception of the residents about the socio-environmental transformations generated by the developments installed in the area, and also to detect the transformations in the landscapes as a result of anthropic interventions. The methodology starts from an integrated vision, having as a guiding principel two theoretical matrices to reach the proposed objectives: Environmental Perception and Landscape Analysis. The degree and character of the impact of human activities on the landscape has been analyzed from the numerical definition of the anthropogenic charge to which a given landscape is subjected, through the use of Shidhenko’s (1988) Anthropogenic Transformation Coefficient (Kan). The identification of the environmetal perception of the selected individuals was carried out by applying structured questionnaires and conducting interviews. As for the results, the units were classified into three stages of ecological exploration. The Faixa de praia/Campo de dunas/Complexo flúvio-marinho unit (Kan=6.31), it is an area considered of mild anthropogenic changes, the Depressão sertaneja unit (Kan=38.47) is an area with a moderate degree of anthropogenic modification, and the Tabuleiro costeiro is configured as an environment of strong anthropogenic modification (Kan=70.33). The panorama of the environmental perception of residents seen in this paper shows the importance of social actors in the diagnosis of problems and in proposing solutions to adversities, highlighting the relevance of true popular participation in th contribution of the management of their territories. The population started to live daily with constant transformations, whether in the physical space or in the cutural field, inlfuencing the construction of a new identity and adapting to the dynamics of the globalizing logic in function of the implementation of the industrial park.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectAnálise da paisagempt_BR
dc.subjectPercepção ambientalpt_BR
dc.subjectCIPPpt_BR
dc.titlePaisagem e percepção ambiental: uma análise acerca das transformações antropogênicas no distrito do Pecém – São Gonçalo do Amarante (Ceará)pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.co-advisorSopchaki, Carlos Henrique-
dc.description.abstract-ptbrA pesquisa tem como foco o distrito do Pecém, que sofreu elevado nível de modificação socioambiental a partir da instalação Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). O trabalho tem como objetivo identificar e analisar a percepção ambiental dos moradores acerca das transformações socioambientais geradas pelos empreendimentos instalados na área, bem como detectar as transformações nas paisagens em decorrência das intervenções antrópicas. Metodologicamente, parte-se de uma visão integrada, tendo como princípio norteador duas matrizes teóricas para alcance dos objetivos propostos, são elas: a Percepção Ambiental e a Análise da Paisagem. O grau e o caráter do impacto da atividade humana sobre a paisagem foram analisados a partir da definição numérica da carga antropogênica ao qual determinada paisagem está submetida, através da utilização do Coeficiente de Transformação Antropogênica (Kan) de Shidhenko (1988). A identificação da percepção ambiental dos indivíduos selecionados foi realizada a partir da aplicação de questionários estruturados e da realização de entrevistas. Quanto aos resultados, classificou-se as unidades em três estágios de exploração ecológica. A unidade de Faixa de praia/Campo de dunas/Complexo fluvio marinho (Kan= 6,31) é uma área considerada de modificações antropogênicas amenas. A unidade de Depressão sertaneja (Kan=38,47) é uma área com grau de modificação antropogênica moderada. E a unidade de Tabuleiro costeiro configura-se como um ambiente de modificação antropogênica forte (Kan=70,33). O panorama da percepção ambiental dos moradores visto no presente trabalho mostra a importância dos atores sociais no diagnóstico de problemáticas e na proposição de solução das adversidades, evidenciando a relevância da verdadeira participação popular na contribuição da gestão de seus territórios. A população passou a conviver diariamente com constantes transformações, sejam no espaço físico ou no campo cultural, influenciando a construção de uma nova identidade e se adaptando a dinâmica da lógica globalizante em função da implantação do parque industrial.pt_BR
dc.title.enLandscape and environmental perception: an analysis of the anthropogenic transformations in the district of Pecém - São Gonçalo do Amarante (Ceará)pt_BR
Appears in Collections:DGR - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_dis_lmspcastro.pdf4,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.