Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56360
Title in Portuguese: Metodologia para desenvolvimento de sistemas interoperáveis em redes elétricas inteligentes baseada em Use Cases, SGAM, CIM e FIPA
Author: Bressan, Marcos Horácio Borges
Advisor(s): Sampaio, Raimundo Furtado
Co-advisor(s): Leão, Ruth Pastôra Saraiva
Keywords: Redes elétricas inteligentes
CIM
SGAM
Interoperabilidade
Use Case
Issue Date: 2020
Citation: BRESSAN, Marcos Horácio Borges. Metodologia para desenvolvimento de sistemas interoperáveis em redes elétricas inteligentes baseada em Use Cases, SGAM, CIM e FIPA. 2020. 261 f. Monografia (Graduação em Engenharia Elétrica) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.
Abstract in Portuguese: O desenvolvimento tecnológico tem sido marcado pela ascensão de inúmeros dispositivos que tomam cada vez mais a frente na automação de funções relacionadas à supervisão, controle, proteção, aquisição de dados e gestão de sistemas de potência. Neste contexto de sistemas complexos, resultantes da convergência entre sistemas de domínios diversos, emerge o conceito de Smart Grid, ou Rede Elétrica Inteligente (REI). A integração de novas tecnologias e tecnologias legadas impõe, entretanto, uma série de desafios, como: a necessidade de um diálogo transparente entre partes interessadas de setores variados (fabricantes, entidades reguladoras, clientes, dentre outros); a identificação adequada de normas e padrões disponíveis; e a construção de sistemas inteligentes, escaláveis, interoperáveis e seguros. Este trabalho apresenta uma metodologia para o Ciclo de Vida de Desenvolvimento de Sistemas para Redes Elétricas Inteligentes, orientada a integração e interoperabilidade e baseada em padrões internacionais como Use Cases segundo a série IEC 62559, SGAM (Smart Grid Architecture Model), CIM (Common Information Model), FIPA (Foundation for Intelligent Physical Agents) e testes de conformidade e interoperabilidade segundo recomendações do European Telecommunications Standards Institute (ETSI). A metodologia Use Cases da série IEC 62559 é uma técnica orientada a documento que formaliza os requisitos das partes interessadas; SGAM, desenvolvido por CEN/CENELEC/ETSI, permite a visualização de Use Cases e a especificação da arquitetura de sistema de maneira interoperável; CIM, padrão IEC 61970/61968/62325, modela mensagens e objetos para a troca interoperável de informações entre atores; e as especificações FIPA para sistemas multiagentes possibilitam uma solução para a implementação de sistemas inteligentes. Como caso de estudo, a metodologia é aplicada a um Sistema Multiagente de Recomposição Automática, destinado a subestações distribuidoras e sistemas de distribuição de média tensão e desenvolvido junto ao Grupo de Redes Elétricas Inteligentes (GREI) da Universidade Federal do Ceará. A aplicação da nova metodologia provou-se importante para a identificação de novos requisitos de sistema, desencadeando em sugestões de alterações menores no projeto original para maior aderência aos padrões internacionais de interoperabilidade em redes elétricas inteligentes.
Abstract: Technological development has been marked by the rise of numerous devices that are increasingly taking the lead in automation of functions related to supervision, control, protection, data acquisition and power system management. In this context of complex systems, resulting from the convergence of systems from several domains, the concept of Smart Grid emerges. The integration of new technologies with legacy ones, however, imposes a series of challenges, such as: the need for a clear dialogue between stakeholders from different areas of interest (manufacturers, regulators, costumers and others); the proper identification of available standards and specifications; and the development of intelligent, scalable, interoperable and secure systems. This work addresses a methodology for the System Development Life Cycle within the Smart Grid framework, integration- and interoperability-oriented and based on international standards such as IEC 62559 Use Cases Methodology, Smart Grid Architecture Model (SGAM), Common Information Model (CIM), FIPA (Foundation for Intelligent Physical Agents) specifications, and conformance and interoperability tests according to ETSI (European Telecommunications Standards Institute) recommendations. The use case methodology from IEC 62559 series is a document-oriented technique that formalizes stakeholders’ requirements; SGAM, developed by CEN/CENELEC/ETSI, enables the visualization of Use Cases and the specification of system architecture in an interoperable way; CIM, from IEC 61970/61968/62325 standards, models messages and information objects for interoperable information exchange; and FIPA-based multi-agent systems enable an implementation solution for intelligent systems. As a case study, the methodology is applied to a FLISR Multi-Agent System, intended for distribution substations and medium voltage distribution systems and developed within the Smart Grid Group (GREI) of the Federal University of Ceará. The application of the new methodology proved to be important for the identification of new system requirements, triggering suggestions for minor changes in the original project in order to improve adherence to international standards for smart grids interoperability.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/56360
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ENGENHARIA ELÉTRICA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_tcc_mhbbressan.pdf6,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.