Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/57119
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBarbalho, Alexandre Almeida-
dc.contributor.authorSilva, Rafael Rocha Alves da-
dc.date.accessioned2021-03-15T17:58:01Z-
dc.date.available2021-03-15T17:58:01Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.citationSILVA, Rafael Rocha Alves da. Bolsonarismo, eleições e redes sociais: uma análise das estratégias discursivas dos deputados supervotados do PSL no Facebook. 2020. 130 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/57119-
dc.description.abstractIn 2018, the ultraright had its highlight with the victory of the federal congressman Jair Bolsonaro (PSL) on the presidential election. The retired Army captain, at the age of 63, won the dispute on the second turn with 55,1% of votes agains the ex-mayor of São Paulo, Fernando Haddad (PT). In this context of ascension of the party of Jair Bolsonaro, three cases require spotlights on state elections: the lawyer Janaina Paschoal, the YouTuber “bolsonarist” Adré Fernandes, and the lawyer Rodrigo Amorim. The three were the most voted candidates for the position of state congressperson in their respective states, São Paulo, Ceará, and Rio de Janeiro. The dissertation comprehends the fact that the internet has been showing itself as a potential tool on the electoral disputes due to its capacity of breaking the unidirectional logic performed on the analogical forms, creating an instantly communication structure between representants and citizens during the event (MARQUES; AQUINO; MIOLA, 2014). Having the Communication field as central element on this process of symbolic fights and meanings construction, beyond media fields, the research carries the following questions: What discoursive strategies were used by these actors during the elections?; what elements made these three an electoral phenomena; Then, considering the distinct trajectories of each one of the politicians, it is possible to identify the common and different strategies used? Moreover, the current research intents on the analysis, through official Facebook pages, of how discoursive strategies were constructed by the three most supervoted congresspeople of PSL, mapping the main ideais and positions, in order to verify if the candidate’s profiles used similar strategies or not; besides comprehending about the construction of political image of the ultraright and conservative field on social media during the elections. To reach the objectives, the research carries out the methodology of Content Analysis based in Bardin (1977). It considered a total of 361 posts on Facebook, classified in a Codebook developed for this dissertation. It presents, throughout the purposed analysis for this investigation, the fact the predominant discourses of the supervoted candidates of PSL on Facebook had their recurrence on moral agendas with populist characteristics. Furthermore, it comprehends, after the discoursive strategies of analysed characters on their social medias, during 2018 elections, the reaffirmation of a phenomenon known as Cultural War, a debate that emerged with the rise of extreme right around the world (SOLANO; ORTELLADO, 2017), in which moral agendas preced the politicaleconomic discourse; the liberal discourde in economy was not applied by the bolsonarist right. Keywords: Communication. Politics. Bolsonarism. Social Media.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectComunicaçãopt_BR
dc.subjectPolíticapt_BR
dc.subjectBolsonarismopt_BR
dc.subjectRedes sociaispt_BR
dc.titleBolsonarismo, eleições e redes sociais: uma análise das estratégias discursivas dos deputados supervotados do PSL no Facebookpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.description.abstract-ptbrEm 2018, a ultradireita brasileira teve seu ápice com a vitória do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais. O capitão reformado do Exército, aos 63 anos, venceu a disputa no segundo turno com 55,1% dos votos contra o petista e ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad. Neste quadro de ascensão da sigla de Jair Bolsonaro, três casos merecem destaques nas eleições estaduais: a advogada Janaina Paschoal, o YouTuber próBolsonaro André Fernandes e o advogado Rodrigo Amorim. Os três foram os candidatos mais votados para o cargo de deputado estadual em seus respectivos estados, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. Sabendo que a internet vem se mostrando com uma potencial ferramenta nas disputas eleitorais devido à sua capacidade de romper com a lógica unidirecional existente nos meios analógicos, criando um canal de comunicação instantâneo entre representantes e cidadãos durante o pleito (MARQUES; AQUINO; MIOLA, 2014), e tendo Comunicação como elemento central neste processo de lutas simbólicas e construção de sentidos, que se dão através dos espaços midiáticos, levanto as seguintes questões: quais foram as estratégias discursivas que esses atores utilizaram durante as eleições?; que elementos fizeram dessas figuras um fenômeno eleitoral? E ainda, considerando, a priori, as trajetórias distintas dos candidatos, é possível identificar as estratégias que eles têm em comum e quais são diferentes? Portanto, esta pesquisa tem como objetivo analisar, por meio das páginas oficiais do Facebook, como foram construídas as estratégias discursivas dos três deputados supervotados do PSL, mapeando as principais ideias e posicionamentos dos deputados, a fim de verificar se os perfis dos candidatos utilizaram estratégias semelhantes ou não; além de compreender sobre a construção da imagem política do campo ultradireitista e conservador nas redes sociais durante a campanha eleitoral. Para atingirmos os objetivos, utilizamos a metodologia de Análise do Conteúdo (AC) baseada em Bardin (1977). Foram analisadas no total 361 postagens no Facebook e categorizadas em um Livro de Códigos desenvolvido para essa pesquisa. Podemos compreender, a partir das análises propostas para essa investigação, que os discursos predominantes dos candidatos supervotados do PSL na rede social Facebook tiveram em sua recorrência a existência de pautas morais com caráter populista. O que podemos compreender após os estudos das estratégias discursivas dos personagens analisados em suas redes sociais, durante as eleições de 2018, é a reafirmação de um fenômeno conhecido como Guerra Cultural, debate que surgiu com a ascensão da extrema direita pelo mundo (SOLANO; ORTELLADO, 2017), no qual pautas morais precedem o discurso político-econômico; o discurso liberal na economia não foi acionado pela direita bolsonarista. Palavras-chave: Comunicação. Política. Bolsonarismo. Redes Sociaispt_BR
dc.title.enBolsonarism, elections and social network: an analysis of the discursive strategies of PSL supervoted deputies on Facebookpt_BR
Appears in Collections:PPGCOM - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_rrasilva.pdf3,31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.