Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7115
Title in Portuguese: Epidemiologia dos acidentes de trânsito em Fortaleza no período de 2004 a 2008
Title: Epidemiology of traffic accidents in Fortaleza in the period 2004 to 2008
Author: Almeida, Rosa Lívia Freitas de
Advisor(s): Bezerra Filho, José Gomes
Keywords: Acidentes de Trânsito
Saúde Pública
Issue Date: 2011
Citation: ALMEIDA, R. L. F. de. Epidemiologia dos acidentes de trânsito em Fortaleza no período de 2004 a 2008. 2011. 158 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2011.
Abstract in Portuguese: A morbimortalidade patrocinada pelos acidentes de trânsito se constitui em grave problema de saúde pública, exigindo vigilância e monitoramento das ações de prevenção deste agravo. Os acidentes de trânsito no mundo são reconhecidamente um fenômeno de grande magnitude e de elevada complexidade, representando uma expressão da interação entre seres humanos, via, veículo e legislação. A dinâmica desta relação, por sua vez, encontra na realidade brasileira, diferentes espaços de expressão. Este trabalho teve como objetivo analisar a epidemiologia dos acidentes de trânsito em Fortaleza. Para tanto analisa a tendência da mortalidade nas últimas três décadas e explora os fatores que envolvem os acidentes e suas vitimas a partir da vinculação das bases de dados oficiais do Município de Fortaleza para o período de 2004 a 2008. A vinculação de bases de dados realizada baseou-se em técnicas probabilísticas e determinísticas aplicadas aos bancos de dados oficiais, referentes aos registros das Declarações de Óbito do Sistema de Informação sobre Mortalidade, Boletins de Ocorrência de Acidentes de Trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, Autorizações de Internação Hospitalar e, cadastro oficial de veículos e habilitados. Os modelos estatísticos utilizados foram suficientes para detectar riscos e identificar diferenciais no tempo, no espaço, sexo, faixa etária e tipos de acidentes. Os resultados indicam padrões espaciais e temporais específicos e diferenciados segundo o tipo do acidente e as características das vítimas, apontando para a enorme potencialidade das informações georreferenciadas geradas e das técnicas dos Modelos Lineares Generalizados utilizadas para a construção do conhecimento sobre o tema e consequente orientação de políticas e planejamento urbano. Às vítimas pedestres, ciclistas e motociclistas foram bastante representativas no conjunto das vítimas estudadas, apresentaram riscos importantes de se acidentar e, uma vez ocorridos os acidentes, foram graves, resultando em maior risco de óbito. Diante dessa realidade é fundamental levar em consideração as necessidades e especificidades de todos os tipos de usuários do sistema viário no planejamento de ações que visem à redução dos acidentes.
Abstract: The mortality sponsored by traffic accidents is a serious public health problem, requiring surveillance and monitoring of prevention of this disease. Traffic accidents in the world are recognized as a phenomenon of great magnitude and highly complex, representing an expression of the interaction between humans, route, vehicle and legislation. The dynamics of this relationship, in turn, finds in the Brazilian reality, different spaces of expression. This study aimed to analyze the epidemiology of traffic accidents in Fortaleza. For both analyzes the trends in mortality over the past three decades and explores the factors involved in accidents and their victims from the linkage of administrative databases in the city of Fortaleza in the period 2004 to 2008. Linking databases were constructed based on deterministic and probabilistic techniques applied to databases official, referring to records of death certificates in the Mortality Information System, Bulletin of Occurrence of Traffic Accidents Authority of the City Traffic and Citizenship , Hospital Admissions Authorizations and official registration of vehicles and enabled. The statistical models used were sufficient to detect risks and identify differences in time, space, sex, age and types of accidents. The results indicate spatial and temporal patterns specific and differentiated by type of accident and the characteristics of victims, pointing to the enormous potential of geo-referenced information generated and the techniques of generalized linear models used for the construction of knowledge on the subject and subsequent guidance policies and urban planning. To pedestrians, cyclists and motorcyclists were fairly representative of all victims studied presented a substantial risk of suffering an accident, and since the accident occurred, were severe, resulting in increased risk of death. Faced with this reality is crucial to consider the needs and specificities of all types of road users in the planning of actions aimed at reducing accidents.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7115
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:DSC - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_tese_rlfalmeida.pdf6,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.