Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7443
Título: Implantação da gestão participativa em unidades de conservação do tipo parque na cidade do Rio de Janeiro: do conflito à colaboração
Autor(es): Cohen, Marcos
Silva, Jorge Ferreira da
Palavras-chave: Gestão Participativa
Conflito
Parques nacionais
Data do documento: 2009
Resumo: Os órgãos governamentais gestores das unidades de conservação ambiental do tipo parque da cidade do Rio de Janeiro vêm enfrentando dificuldades na implementação das diretrizes do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) que objetivam a gestão participativa dessas unidades. Este artigo apresenta um recorte de uma pesquisa maior e foca na formação de conselhos consultivos como estratégia colaborativa utilizada pelos gestores dos parques. De um total de oito parques estudados por meio de entrevistas com gestores e agentes sociais interessados, pesquisas documentais e observações diretas, são apresentados dois casos que retratam a formação de conselhos consultivos em parques e demonstram situações que vão do conflito entre os atores sociais e os responsáveis pela gestão até a plena colaboração durante este processo. Os resultados indicam que as iniciativas para estabelecer a gestão participativa por meio de um Conselho Consultivo no Parque Municipal do Bosque da Freguesia foram, em grande parte, ineficazes em razão da falta de normas específicas, de capacitação dos envolvidos e de recursos financeiros. Já no Parque Nacional da Tijuca, de gestão federal, a utilização de metodologia adequada, de caráter eminentemente democrático e participativo, aliado a um treinamento prévio de todos os envolvidos, resultou em sucesso e colaboração plena e serve de modelo para os demais parques.
Abstract: Governmental agencies that manage environmental protected areas like municipal parks in Rio de Janeiro are facing difficulties in implementing the National System for Conservation of Units (SNUC) guidelines, which aim for the participative management of these units. This article presents part of a larger research project and focuses on the formation of advisory councils as a collaborative strategy used by municipal park administration. Based on interviews with managers and stakeholders, secondary research and direct observation, it is presented two cases that show the formation of advisory councils in parks and demonstrate situations that goes from conflicts between social actors and managers to full cooperation during the process. The results indicate that the initiatives to establish participative management with an advisory council in Bosque da Freguesia Municipal Park were largely ineffective due to lack of specific norms, involved people training and financial resources. However in Tijuca National Park, managed by a federal governmental agency, the use of an appropriate democratic and participative methodology, allied to previous training of parts involved, resulted in a successful implementation and full cooperation, being pointed as a model of reference for other parks.
Descrição: COHEN, M.; SILVA, J.F. Implantação da gestão participativa em unidades de conservação do tipo parque na cidade do Rio de Janeiro: do conflito à colaboração. Contextus: Revista Contemporânea de Economia e Gestão, Fortaleza, v. 7, n. 1, p. 81-92, jan./jun. 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/7443
ISSN: 2178-9258
1678-2089
Aparece nas coleções:FEAAC - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_art_mcohen.pdf250,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.