Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/900
Título: A luta por direitos e a afirmação das políticas sociais no Brasil contemporâneo
Autor(es): CARVALHO, Alba Maria Pinho de
Palavras-chave: Brasil - Políticas públicas
Brasil - Política social
Brasil - Direitos sociais
Direitos fundamentais
Data do documento: 2008
Editor: Revista de ciências sociais
Citação: CARVALHO, A. M. P. ( 2008)
Resumo: O artigo se propõe a analisar a luta por direitos no Brasil contemporâneo e sua materialização em políticas sociais. Para a autora, estas se constituem em um espaço privilegiado de ação política no redesenho do Estado, estabelecendo um vínculo entre conflitos, demandas por direitos e busca de alternativas de emancipação. Questiona, ainda, as possibilidades do sistema do capital incluir o excedente de mão-de-obra (as populações “supérfluas”) e o potencial emancipatório das políticas sociais.
Abstract: The article aims at evaluating the struggle for rights in Brazil today and its materialization by adoption of social policies. The author consider them a special feature within the political spectrum for redefining the State by establishing links among conflicts, claims for rights e alternate attempts at emancipation. The author, also, questions the possibilities of a system moved by capital to absorb labor unoccupied labor (“superfluous” population) and the liberating potentiality of social policies.
Descrição: CARVALHO, Alba Maria Pinho de. A luta por direitos e a afirmação das políticas sociais no Brasil contemporâneo. Revista de Ciências Sociais, Fortaleza, v. 39, n. 1, p. 16-26, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/900
ISSN: BL 0041-8862
Aparece nas coleções:DCSO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_art_A.M.P.de Carvalho.pdf173,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.