Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9858
Título: SNOMED-CT as Standard Lan- guage for Organization and Representation of the Infor- mation in Patient Records
Autor(es): Pinto, Virgínia Bentes
Rabelo, Camila Regina de Oliveira
Girão, Igor Peixoto Torres
Palavras-chave: SNOMED-CT
Clinical terminology. Nomenclature categories
Health teminology
Patient record
Data do documento: 2014
Editor: ISKO
Citação: Pinto, V. B., Rabelo, C. R. O.; Girão, I. P. T. (2014)
Resumo: O Systematized Nomenclature of Medicine Clinical Terms (SNOMED-CT), a exemplo do Medical Subject Headings (MeSH) e dos Descritores de Ciências da Saúde (DeCS) é um padrão para o tratamento, a organização, a representação e a recuperação de informação no contexto da saúde. Ele é estruturado, entre outras coisas, em 19 categorias: diagnóstico clínico/doença, procedimentos, entidades observáveis, estrutura do corpo, organismo, substância, produtos biológicos e farmacêuticos, amostra, objeto físico, força física, evento, localização geográfica ou ambiental, contexto social, estágios e escalas, conceitos especiais e qualificadores. Nesse sentido, apresentamos os resultados da pesquisa realizada junto aos prontuários do paciente, no Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará. O fio norteador desse estudo busca responder ao seguinte questionamento: qual é a contribuição dessas categorias para construir a representação de prontuários do paciente, no Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME) do Hospital Universitário Walter Cantidio (HUWC)? O objetivo da pesquisa é estudar a contribuição do padrão SNOMED-CT para a representação da informação no âmbito desses prontuários. Trata-se, portanto, de um estudo exploratório apoiada no método Neofuncionalista e na análise de conteúdo, tendo sido analisada a estrutura física dos prontuários digitalizados, adotada no SAME do HUWC. Em seguida, analisamos um corpus constituído de dois prontuarios, constituidos por nove (09) volumes, com cerca de 4000 (quatro) mil páginas, correspondentes a 777 Mb. Os resultados e as conclusões apontam que as categorias hierárquicas do SNOMED-CT podem trazer contribuições para a representação dos prontuários, haja vista tratar-se de uma terminologia robusta fundamentada na ontologia, contemplando a essência das informações registradas nesses documentos. Em relação à estrutura física do prontuário apresenta algumas semelhanças, e, consequentemente, pode contribuir para uma recuperação da informação com maior valor agregado, pois possibilita o uso da pré e da pós-coordenação, bem como a linguagem natural, sinônimos e siglas.
Abstract: The Systematized Nomenclature of Medicine Clinical Terms (SNOMED-CT), such as the Medical Subject Headings (MeSH) and the Health Sciences Descriptors (MeSH) is a standard for handling, organizing, representing and retrieval of information in the health context. It is structured, among other things, in 19 categories: clinical diagnosis / disease, procedures, observable entities, body structure, body, substance, biological and pharmaceutical products, sample, physical object, physical force, event, geographical or environmental location, social context, stages and scales, special concepts and qualifiers. In this way we present the research results carried out with the patient's medical records, in the Walter Cantidio University Hospital, at Federal University of Ceará. The line guiding this study seeks to answer the following question: what is the contribution of these categories to build a representation of the patient's medical records at the Department of Medical Records and Statistics (SAME), at the Walter Cantidio University Hospital (HUWC)? The objective of the research is to study the contribution of SNOMED-CT standard for the representation of information within those records. It is therefore an exploratory study supported by the neo-functionalist method and the content analysis, the physical structure of digitized records had been analyzed, adopted at the SAME of the HUWC. Then we analyze a corpus of two patient records with 09 (nine) volumes, about 4.000 pages corresponding to 777 Mb. The results and conclusions show that the hierarchical categories of SNOMED-CT may bring contributions to the representation of the charts, as it is a robust terminology based on ontology, contemplating the essence of the information recorded in these documents. Regarding the physical structure of the chart shows some similarities, hence can contribute to information retrieval with higher added value, since it allows the use of pre and post-coordination as well as natural language, synonyms and acronyms.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/9858
ISSN: 0943–7444
Aparece nas coleções:DCI - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_art_vbpinto.pdf145,17 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.