Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/996
Título: Ciclos de produção e capacidade de carga dos estoques de lagostas do gênero Panulirus na plataforma continental do Estado do Ceará, Brasil
Título em inglês: Production cycles and carring capacity of spiny lobster Panulirus spp. stocks on the continental shelf of Ceará State, Brazil
Autor(es): Fonteles Filho, Antonio Adauto
Guimarães, Maria Socorro Sobral
Palavras-chave: Lagosta - Pesca - Ceará
Data do documento: 1999
Editor: Arquivos de Ciências do Mar
Citação: FONTELES FILHO, A.A. ; GUIMARÃES, M.S.S. (1999)
Resumo: A pesca de lagostas foi avaliada quanto aos ciclos históricos de produção, produtividade do substrato de algas calcárias como habitat das lagostas Lanulirus argus e Panulirus laevicauda, e sua capacidade de carga e produção instantânea. O material de análise consistiu da série histórica de dados sobre produção, esforço de pesca e CPUE, no Estado do Ceará, de 1974 a 1995. A atividade pesqueira passou por quatro fases: Desenvolvimento, Aceleração, Estabilização e Depleção e, atualmente, se encontra nesta última, caracterizada por (a) tendência de decréscimo da produção, elevadas taxas positivas de crescimento do esforço (b= 1.814 e G=4,1%/ano) e taxas negativas de crescimento da CPUE (b= -0,0387 e G= -3,7%/ano). O Estado do Ceará constitui-se no maior produtor e exportador de lagostas do Brasil, em função de características ambientais muito favoráveis ao crescimento e sobrevivência das lagostas. A plataforma continental, com 48,1% de cobertura pelo substrato de algas calcárias com uma área superficial de 23.088 Km2 (27,6% do total), contém 43,5% da capacidade de carga (7,301.335 kg) e 42,9% da produção instantânea de bimassa (7.398.883 kg), com densidade de 316,3kg/km2. As espécies P. argus e P. laevicauda participam da capacidade de carga com 68,9% e 31,1%, sendo a primeira mais abundante em áreas mais afastadas da costa, a partir da isóbata de 30 m. A capturabilidade é de 55,6% e a intensidade de pesca e densidade ótimas são 5,1 covos/ha e 9,1 ind./ha.
Descrição: FONTELES FILHO, Antonio Adauto; GUIMARÃES, Maria Socorro Sobral. Ciclos de produção e capacidade de carga dos estoques de lagostas do gênero Panulirus na plataforma continental do Estado do Ceará, Brasil. Arquivos de Ciências do Mar, Fortaleza, v.32, 1999, p. 29-38 .
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/996
Aparece nas coleções:LABOMAR - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1999_art_aafontelesfilho.pdf789,18 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.