Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1001
Título: Morbidade respiratória neonatal e fatores associados ao óbito por síndrome do desconforto respiratório em unidades de terapia intensiva no município de Fortaleza
Título em inglês: Respiratory morbidity and neonatal factors associated with death syndrome by the discomfort in respiratory intensive care units in the municipality of Fortaleza
Autor(es): Alves, Alexssandra
Orientador(es): Leite, Alvaro
Palavras-chave: Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido
Terapia Intensiva Neonatal
Data do documento: 2009
Citação: ALVES, A. M., (2009)
Resumo: Este estudo teve como objetivo descrever o perfil e o padrão de práticas assistenciais de recém-nascidos com distúrbios respiratórios, internados nas unidades de terapia intensiva em Fortaleza e analisar fatores associados ao óbito em recém-nascidos de muito baixo peso com Síndrome do Desconforto Respiratório. Trata-se de um estudo de coorte prospectiva de base hospitalar, realizado em 773 recém-nascidos em cinco hospitais, de julho a dezembro de 2007. Foram duas etapas uma descritiva e a outra, analítica. A maioria era pré-termo (80,7%). Entre o primeiro e quinto minuto, houve queda no Apgar de 4-6 e melhora no Apgar maior do que 7. A Síndrome do Desconforto Respiratório foi a patologia mais freqüente (73%). Dos recém-nascidos de muito baixo peso 62,7% estavam sob ventilação mecânica, 53,7%, surfactante e 19,9% foram a óbito. Os fatores de risco para óbito identificados pela análise bivariada e nível de significância de 5% foram a idade materna < 20 anos (p=0,008), Apgar de quinto minuto < 7 (p<0,001), o uso de ventilação com pressão positiva na sala de parto (p< 0,001), intubação na sala de parto (p< 0,001) e o uso de surfactante (p<0,001). O uso de corticóide antenatal assim como o uso de surfactante foi baixo. Os recém-nascidos com peso menor que 1500g necessitaram de maior suporte terapêutico e tiveram mais elevada taxa de óbito. Esse cenário demonstra a necessidade de melhorias na assistência pré e perinatal e particularmente aos recém-nascidos de muito baixo peso.
Abstract: The objectives of this study was to describe the profile and the standards of medical care in newborns with respiratory disorders admitted to intensive care units as well as analyze the risk factors associated to the death in low birth weight newborn with respiratory distress syndrome. It is a prospective cohort study hospitalar-based realized in 773 newborns in five hospitals from July and December 2007. Was two phases a described and the other, analytical. The majotity were premature (80.7%). Between the first and the fifth minute, the number of newborns with Apgar less than 3 decreased and the ones with Apgar above or equal to 7 increased. Respiratory distress syndrome was the most frequent disease (73%). For the newborns with very low weight and respiratory distress syndrome, 62.7% used mechanical ventilation, 53.7% surfactant and 19.9% died. The risk factors for death according to the bivariate analysis were: mother`s age less than 20 years (p=0.008), Apgar less than 7 in the fifth minute (p<0.001), the use of positive pressure ventilation in the delivery room (p<0.001), intubation in the delivery room (p<0,001) and the use of surfactant (p<0.001).The use of antenatal corticosteroids and use of surfactant was low. The newborns weighing less than 1500g needed more medical assistance than others and still presented a high death rate. According to the study, the respiratory disorders of the newborns and the outcome are strongly related to the prenatal factors, to the assistance in the delivery room and to the intensive care.
Descrição: ALVES, Alexsandra Maia. Morbidade respiratória neonatal e fatores associados ao óbito por síndrome do desconforto respiratório em unidades de terapia intensiva no Município de Fortaleza. 2009. 71 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)- Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/1001
Aparece nas coleções:DSC - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_amalves.pdf397,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.