Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10351
Title in Portuguese: Percepção do familiar cuidador sobre a assistência recebida no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil
Title: Perception of family caregiver on assistência received in care Center Psychosocial of Children
Author: Silveira, Edith Ana Ripardo da
Advisor(s): Braga, Violante Augusta Batista
Keywords: Saúde Mental
Políticas Públicas
Criança
Adolescente
Issue Date: 2014
Citation: SILVEIRA, E. A. R. Percepção do familiar cuidador sobre a assistência recebida no Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil. 2014. 119 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
Abstract in Portuguese: O estudo objetivou analisar a atenção prestada ao familiar de crianças e adolescentes assistidos no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil- CAPSi. Pesquisa descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados nos dois CAPSi existentes em Fortaleza (CE). Participaram do estudo dezesseis familiares cuidadores de crianças e adolescentes, que atendiam os critérios de inclusão. O total de participantes foi definido de acordo com a saturação dos dados. A produção do material empírico foi realizada através de uma entrevista, utilizando-se um roteiro composto por duas partes: a primeira abordando aspectos sociodemográficos do familiar cuidador e da criança e adolescente; a segunda, composta por um roteiro contendo perguntas que atenderam aos objetivos da pesquisa. Para discussões utilizou-se a análise temática, com base na Análise de Conteúdo de Bardin. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará, sob Parecer 321.012. Diante dos achados, evidenciamos que os CAPSi não contemplam todos os critérios definidos pela Reforma Psiquiátrica, quanto à população a ser atendida, a estrutura física e a equipe técnica e ocupacional, embora procure acolher às demandas da população específica. Quanto aos dados sociodemográficos, as mães foram as principais cuidadoras de crianças e adolescentes no estudo, em sua maioria, com as seguintes características: casadas; encontram-se na faixa etária produtiva; do lar; de baixa escolaridade; com baixa renda, complementada por benefícios sociais (bolsas e auxílios). Os filhos das cuidadoras do estudo lidam, em seu cotidiano, com algumas condições que podem ser consideradas desfavoráveis a saúde mental, entre elas destacou: alguns não frequentam a escola; a dependência para realização das AVD; condições socioeconômicas e de moradia desfavoráveis; muitas vezes, a sobrecarga dessas crianças e adolescentes em atividades terapêuticas e o uso de medicação psicotrópica. Do processo de análise das questões norteadoras emergiram três categorias e 11 subcategorias. A primeira categoria compreende as atividades desenvolvidas pelas equipes nos CAPSi: destacam-se os grupos como a principal atividade de apoio; somente um familiar mencionou o atendimento individual e o atendimento ao domicílio. A segunda categoria está associada à satisfação e insatisfação dos familiares: o número absoluto se sente satisfeita com o atendimento recebido. A terceira categoria traz as expectativas dos familiares sobre a assistência desejada. Evidenciamos que, mesmo se sentindo satisfeitas com o atendimento, elas mencionam que gostaria que existissem mais sessões grupais, mais atendimentos médicos, melhora nos atendimentos, diversificação das atividades, vales transportes e benefícios. Consideramos ter atingido os objetivos propostos e esperamos que este estudo ofereça subsídios para se refletir sobre a prática nos novos serviços de saúde mental, procurando aproximá-los do que prevê a Reforma Psiquiátrica e que atenda aos princípios do SUS. Além disto, esperamos estar colaborando para a reflexão crítica da prática do Enfermeiro na atenção em saúde mental.
Abstract: The study aimed to analyze the attention paid to the family of children and adolescents assisted in Psychosocial Care Center Children and Juvenil- CAPSi. Descriptive and exploratory research with a qualitative approach. Data were collected in two existing CAPSi in Fortaleza (CE). Participated in the study sixteen family caregivers of children and adolescents who met the inclusion criteria. The total number of participants was defined according to data saturation. The production of empirical material was performed through an interview, using a script consists of two parts: the first social demographic aspects of the family caregiver and child and adolescent; the second, composed of a script containing questions that met the research objectives. For discussions used the thematic analysis, based on Bardin Content Analysis. The study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of Ceará, under Opinion 321,012. Given the findings, we noted that CAPSi do not include all the criteria set by the Psychiatric Reform, as the population to be served, the physical structure and the technical and occupational team, while attempting to accommodate the demands of specific population. As for sociodemographic data, mothers were the primary caregivers of children and adolescents in the study, mostly with the following characteristics: married; are in the productive age group; the home; of low education; with low income, supplemented by social benefits (scholarships and grants). The children of the study caregivers deal in their daily lives, with some conditions that may be considered unfavorable mental health, including highlighted: some do not attend school; dependence to perform ADLs; socioeconomic and poor housing conditions; often, the overhead of these children and adolescents in therapeutic activities and the use of psychotropic medication. Of the guiding questions review process revealed three categories and 11 subcategories. The first category comprises the operations of teams in CAPSi: highlight the groups as the main activity of support; only one family mentioned individual care and care at home. The second category is associated with satisfaction and dissatisfaction of family: the absolute number it is satisfied with the service received. The third category brings the family expectations about the desired assistance. We show that even if feeling satisfied with the care they mention that wish there were more group sessions, more medical care, improvement in care, diversification of activities, transportation vouchers and benefits. Considered to have reached the proposed objectives and we hope that this study offers subsidies to reflect on the practice in the new mental health services, seeking to approach them from providing for the psychiatric reform that meets the principles of SUS. In addition, we hope to be contributing to the critical reflection of the nurse practice in mental health care.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/10351
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DENF - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_earsilveira.pdf1,86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.